terça-feira, 30 de junho de 2015

BAD BANCO AFRICANO DE DESENVOLVIMENTO VAI ALARGAR E APROFUNDAR A COOPERAÇÃO COM MOÇAMBIQUE NOS SECTORES DE ENERGIA,E DAS INFRAESTRUTURAS.


"BAD quer alargar cooperação com Moçambique à energia

Maputo - O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) manifestou segunda-feira interesse em alargar e aprofundar a cooperação com Moçambique nos setores da energia e das infraestruturas, considerando muito rica a colaboração entre a instituição e o país.
"Temos uma parceira muito boa, a nossa carteira de projetos está a ser muito bem implementada em Moçambique e, por isso, olhámos para o futuro com o interesse de alargar e aprofundar a cooperação no setor da energia e das infraestruturas", disse o vice-presidente do BAD, Janvier Litse, após um encontro com o primeiro-ministro moçambicano, Carlos Agostinho do Rosário."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

MOÇAMBIQUE CÓDIGO PENAL NOVO EM SUBSTITUIÇÃO DO ENTÃO EM VIGOR DESDE 1886, COMEÇA A SER APLICADO A PARTIR DE 1 DE JULHO DE 2015

"Código Penal moçambicano em substituição do texto colonial entra em vigor na quarta-feira

Maputo- O novo Código Penal de Moçambique, que revoga um texto de 1886, entra em vigor na próxima quarta-feira, disse à Lusa o porta-voz do Tribunal Supremo, esclarecendo dúvidas sobre a data do início da aplicação da legislação.
"O 'vacatio legis' [período entre a publicação da lei e entrada em vigor] termina a 30 deste mês e o novo Código Penal começa a ser aplicado a partir de dia 01 de julho", afirmou à Lusa Pedro Nhatitima, adiantando que os tribunais já estão a ser informados sobre a data de implementação do documento, que inclui várias novas normas como a despenalização do aborto."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

GATO ESCULTURA EM MADEIRA DE UM GATO DE NOME O PACIFICO, TEM 25 ANOS É ORIGINÁRIO DE NAMPULA, MOÇAMBIQUE

O PACIFICO, ESTE GATO TODO EM MADEIRA, DESMONTA-SE E MONTA-SE O CORPO, AS PATAS E A CAUDA. ESTA OBRA DE ARTE TEM 25 ANOS, É ORIGINÁRIA DA PROVINCIA DE NAMPULA, AUTOR DESCONHECIDO, ALIÁS COMO MUITOS QUE CONTRIBUEM PARA BOAS CAUSAS E NINGUÉM FALA DELES, DIFERENTE DE NÃO SEREM RECONHECIDOS.

domingo, 28 de junho de 2015

S. JOSÉ DE CLUNY, MISSIONÁRIAS COMEMORAM A PRESENÇA EM MOÇMBIQUE DOS SEUS 125 ANOS, QUEM ANDOU NO COLÉGIO DE S.JOSÉ DE CLUNY NUNCA AS ESQUECERÁ

S.JOSÉ DE CLUNY, AQUI APARECEM ALGUMAS IRMÃS QUE RECONHECI UMA AINDA A ISABEL SOBRAL, ANTES PROFESSORA NA ANTIGA ESCOLA BAPTISTA COELHO FINAL DA DÉCADA 50, ANOS MAIS TARDE REGRESSADA COMO IRMÃ DE S-JOSÉ DE  CLUNY, A IRMÃ FREITAS JÁ MAIS RECENTE RELATIVAMENTE, UMA MADEIRENSE DE FIBRA. VIVAM OS 125 ANOS DAS MISSIONÁRIAS DE SÃO JOSÉ DE CLUNY EM MOÇAMBIQUE. EXTENSA REPORTAGEM DA TVM TELEVISÃO DE MOÇAMBIQUE DA GRANDE FESTA.

PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE FILIPE JACINTO NYUSI INICIA VISITA DE TRABALHO À PROVINCIA DA ZAMBÉZIA

QUELIMANE, CIDADE CAPITAL DA PROVINCIA DA ZAMBÉZIA, CUJO GOVERNADOR PROVINCIAL É ABDUL RAZAK E PRESIDENTE DO MUNICIPIO DA CAPITAL QUELIMANE MANUEL ARAÚJO, NA REPORTAGEM HÁ MINUTOS PASSADA PELA TVM A ALGUNS CIDADÃOS ENTREVISTADOS AGUARDAM ANSIOSOS POR ABORDAR QUESTÕES COMO: PAZ, UNIDADE NACIONAL E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO DA PROVINCIA. A VISITA INICIA-SE AMANHÃ COM FORTE COMITIVA MINISTERIAL.

ENAER, MASH E FLY AFRICA AS NOVAS COMPANHIAS AÉREAS DE MOÇAMBIQUE EM FASE DE INICIAREM BREVE A SUA ACTIVIDADE

"TRÊS NOVAS COMPANHIAS DE TRANSPORTE AÉREO DEVERÃO A PARTIR DO CORRENTE ANO COMEÇAR A OPERAR EM MOÇAMBIQUE, CUJOS PROCESSOS DE CERTIFICAÇÃO ENCONTRAM-SE NUMA FASE ADIANTADA. SEGUNDO SOUBE O DOMINGO JUNTO DO PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DO INSTITUTO DE AVIAÇÃO CIVIL DE MOÇAMBIQUE, JOÃO DE ABREU, FOI CONCLUIDO NA SEMANA PASSADA O PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO DA PRIMEIRA DAS TRÊS NOVAS COMPANHIAS, CUJA DENOMINAÇÃO É ENAER.
A ENAER É UMA EMPRESA LIGADA AO SEGMENTO DE TRANSPORTE POR HELICÓPTEROS NO MUNDO, DETENTORA DE UMA VASTA FROTA DAQUELE TIPO DE APARELHOS, QUE PASSA A OSTENTAR UM REGISTO DE CERTIFICAÇÃO EM MOÇAMBIQUE.A ENAER, SEGUNDO APURÁMOS, DEVERÁ DEDICAR-SE AO SERVIÇO DE TRABALHO AÉREO AO NÍVEL DAS PLATAFORMAS AEROPORTUÁRIAS BEM COMO NA ACTIVIDADE DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS.
              JOÃO DE ABREU REVELOU IGUALMENTE QUE SE ENCONTRA NA SEGUNDA FASE O PROCESSO VISANDO O LICENCIAMENTO DA EMPRESA MASH, A QUAL DEVERÁ TER A RESPECTIVA SEDE NA REGIÃO DE NACALA, PROVINCIA DE NAMPULA. PARA ALÉM DE TRANSPORTAR PASSAGEIROS, A NOVA OPERADORA DE SERVIÇO AÉREO PODERÁ SE DEDICAR AO TRANSPORTE DE GRANDE PORTE, PREVENDO-SE QUE VENHA A USAR NAS SUAS OPERAÇÕES AVIÕES DO TIPO "AIRBUS".O COMANDANTE JOÃO DE ABREU REVELOU QUE O PROCESSO DE LICENCIAMENTO DA MASH SERÁ O MAIS DEMORADO EM RELAÇÃO ÀS RESTANTES DUAS NOVAS COMPANHIAS QUE DEVERÃO COMEÇAR A OPERAR NO ESPAÇO AÉREO NACIONAL.
                A TERCEIRA COMPANHIA DE SERVIÇO AÉREO QUE DEVERÁ COMEÇAR A OPERAR EM MOÇAMBIQUE É A FLY ÁFRICA, CUJO PROCESSO PARA A SUA IMPLANTAÇÃO ENCONTRA-SE NA ÚLTIMA FASE. PARA O EFEITO, DE ACORDO COM A NOSSA FONTE, AGUARDA-SE PELA CHEGADA DOS AVIÕES QUE A COMPANHIA DEVERÁ USAR NAS SUAS OPERAÇÕES COM VISTA A COMPLEMENTAR O RESPECTIVO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO.A EMPRESA FLY ÁFRICA, CUJA SEDE DEVERÁ ESTAR BASEADA NA BEIRA, PROVINCIA DE SOFALA, EQUACIONA VOAR COM UMA FROTA INICIAL DE TRÊS AVIÕES TIPO "BOEING 737-300" CONFORME SOUBEMOS, A FLY ÁFRICA TENCIONA CAPITALIZAR NAS SUAS OPERAÇÕES COMERCIAIS A BAIXO CUSTO, DENOMINADO "LOW COST", NÃO SE SABENDO, POR ENQUANTO PARA QUAIS OS DESTINOS QUE PRETENDE OPERAR AQUELA COMPANHIA.JOÃO DE ABREU DISSE QUE SE ENCONTRA NUMA FASE AVANÇADA O PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO DAQUELA COMPANHIA, PREVENDO-SE QUE COMECE A OPERAR AINDA NO CORRENTE ANO. A CERTIFICAÇÃO DA FLY ÁFRICA ESTÁ DEPENDENTE DA APRESENTAÇÃO DAS AERONAVES COM AS QUAIS A COMPANHIA PRETENDE OPERAR NO MERCADO NACIONAL, VISTO QUE NÃO SE PODE AUTORIZAR SEM QUE AS AUTORIDADES AERONÁUTICAS EFECTUEM A INSPECÇÃO DOS AVIÕES."
FONTE: JORNAL DOMINGO DE MOÇAMBIQUE.

sábado, 27 de junho de 2015

NAMPULA, MOÇAMBIQUE, FEIRA DAS MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS, NAKOSSO , 1 A 10 DE OUTUBRO DE 2015


ESTE EVENTO REALIZA-SE DE 1 A 3 DE OUTUBRO 2015 EM NAMPULA
VISITE/CONTACTA:www.marketaccess-mz.com

PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE FILIPE JACINTO NYUSI VISITA PORTUGAL EM JULHO, PORTUGAL É O PRIMEIRO PAIS EU ROPEU ESCOLHIDO PARA A SUA VISITA

 MOÇAMBIQUE

Chefes da diplomacia portuguesa e moçambicana preparam visita de PR Nyusi a Lisboa

Maputo - Os ministros dos negócios estrangeiros de Portugal e Moçambique estiveram reunidos em Maputo para analisar a relação bilateral e preparar a visita do Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, a Lisboa.
A visita acontecerá em julho, disse o chefe da diplomacia moçambicana, Oldemiro Balói, à saída do encontro, embora não tenham sido avançadas as datas concretas e é a primeira deslocação que o chefe de Estado de Moçambique realiza a um país europeu.

Visita do PR moçambicano a Portugal mostra importância das relações bilaterais - Machete

Maputo - O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Rui Machete, afirmou, em Maputo, que a visita em julho do chefe de Estado moçambicano a Portugal, a primeira à Europa, traduz a importância das relações bilaterais.
"A visita também é significativa da importância que os governos de Portugal e de Moçambique atribuem às relações entre os dois países. Há, não apenas uma densificação, mas uma intensificação da cooperação, e é grato a Portugal registar o facto de ser o primeiro país europeu a ser visitado pelo Presidente Filipe Nyusi", afirmou, em declarações à Lusa, Machete, após ser recebido pela presidente da Assembleia da República de Moçambique."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

NACALA - PORTO, PROVINCIA DE NAMPULA, MOÇAMBIQUE, CABEÇA DE GAROUPA COZIDA, MAIS DE CINCO KILOS, O ORLANDO RESTAURANTE

Chegar a Nacala- Porto, ouvir falar bem do filho Pedro, pai babado, e ser desafiado para uma cabeça de garoupa cozida, acompanhada com um vinho do Douro branco, a refeição com amigos não podia ser melhor....

MOÇAMBIQUE INDEPENDENTE E ALGUNS NÚMEROS ENTRE 1975 E 2015

SEGUNDO O JORNAL "O PAÍS" DE MOÇAMBIQUE NA SUA EDIÇÃO DE HOJE 26 DE JUNHO DE 2015, REFERE ALGUNS DADOS ESTATÍSTICOS DE MOÇAMBIQUE "ONTEM" E "HOJE":
- 45% NIVEL  DE REDUÇÃO DO ANALFABETISMO DESDE A INDEPENDÊNCIA;
- 11.890 NÚMERO DE ESCOLAS PRIMÁRIAS A MAIS DO QUE EM 1975;
- 14.800 ENFERMEIROS A MAIS DO QUE OS QUE HAVIA ATÉ À INDEPENDÊNCIA,
- EVOLUÇÃO DO PIB (BILIÕES USD)       EVOLUÇÃO DO PIB PER CAPITA(USD)
*1975      * 4.8                                                         *452
*1980      *4.8                                                         *414
*1985      *4.8                                                         *360
*1990       *3.0                                                         *221
*1995       * 2.3                                                        *144
*2000       *4.3                                                         *235
*2005       *6.6                                                          *314
*2010        *9.3                                                         *388
*2015
(PROJECÇÃO) *20.5                                             *774

MINHA NOTA PESSOAL:
- Moçambique viveu em ambiente de guerra civil até 4 de Outubro de 1994;
- Moçambique teve quatro Presidentes da República até à presente data.
- A linha férrea de Sena foi reabilitada passados 30 anos de actividade entrando em funcionamente em 30 de Novembro de 2008;
- A ponte sobre o rio Zambeze de Caia foi inaugurada em 1 de Agosto de 2009;
- A nova ponte de Tete foi inaugurada em 2014;
- O novo aeroporto de Nacala foi inaugurado em 2014.
- O novo aeroporto de Maputo em 2013;
- O novo aeroporto de Pemba em 2014;
- O sector privado nas áreas de hotelaria e restauração construiram infra estruras de raiz ou de reabilitação em todas as Provincias de Moçambique:
- Em Maputo a área imobiliária de construção de raiz foi galopante nestes últimos cinco anos.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

25 DE JUNHO 2015 DIA DA INDEPENDENCIA DE MOÇAMBIQUE, PORTUGAL FEZ-SE REPRESENTAR PELO MINISTRO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS RUI MACHETE

PORTUGAL FEZ-SE REPRESENTAR EM MOÇAMBIQUE NA COMEMORAÇÃO DOS SEUS 40 ANOS DE INDEPENDENCIA PELO MINISTRO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS RUI MACHETE. POSSIVELMENTE DURANTE A SUA ESTADIA VISITARÁ O PARQUE NACIONAL DA GORONGOSA RECENTEMENTE AGRACIADO PELO PRESIDENTE DA REPUBLICA PORTUGUESA, ANIBAL CAVACO SILVA.

25 DE DE JUNHO DE 2015, DIA DA INDEPENNDÊNCIA DE MOÇAMBIQUE, AQUI HÁ QUARENTA ANOS ATRÁS, NA ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DE COIMBRA, PORTUGAL

25 DE JUNHO DE 1975, ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DE COIMBRA, AQUI TEMOS GENTE PORTUGAl, ANGOLA, CABO VERDE, MOÇAMBIQUE COMEMORANDO O PRIMEIRO DIA DA INDEPENDÊNCIA NA ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DE COIMBRA, PORTUGAL: DESTES SÃO OU FORAM ENTRETANTO NOS SEUS PAISES MINISTROS, DIPLOMATAS, EMPRESÁRIOS, ADVOGADOS, FUNCIONÁRIOS.
PARABÉNS A MOÇAMBIQUE E AO SEU POVO PELA LIBERDADE QUE SOUBE PARTILHAR.
ESTOU COMO O MEU FILHO PEDRO AO COLO, ELE TINHA UM ANO E MEIO, NESTE MOMENTO ESTÁ EM ESPANHA VALENCIA E TEM DOIS FILHOS.

quarta-feira, 24 de junho de 2015

MOÇAMBIQUE: CONSELHO DE MINISTROS SESSÃO DE 23 DE JUNHO DE 2015

"O Conselho de Ministros realizou, no dia 23 de Junho de 2015, a sua 20.ª Sessão Ordinária. Nesta Sessão, o Governo apreciou: – O Relatório da Participação de Sexa o Presidente da República na XXV Sessão Ordinária da Conferência da União Africana, Joanesburgo, África do Sul, 14 e 15 de Junho de 2015; – O Relatório das Visitas efectuadas por Sexa Filipe Jacinto Nyusi, Presidente da República, às Províncias de Gaza, Maputo, Inhambane, Sofala, Cidade de Maputo, Nampula e Cabo Delgado. (Edição 2015); – O Relatório da Participação de Moçambique na III Cimeira dos Chefes de Estado e do Governo da Tripartida (COMESA, EAC e SADC), Sharm El Sheikh, 10 de Junho de 2015. Ainda nesta Sessåo, o Conselho de Ministros apreciou e aprovou o Decreto que extingue a Empresa Transportes Públicos da Beira, TPB, E.P. A extinção da Empresa Transportes Públicos da Beira, TPB, E.P., visa criar as condições para que a gestão dos transportes públicos urbanos na Cidade da Beira passe a ser exercida pelo respectivo Conselho Municipal . O Governo apreciou as informações sobre: – A participação de Moçambique na 100.ª Sessão do Conselho Executivo da Organização Mundial do Turismo - Croácia, Rovinj , de 29 de Maio de 2015; – O Diálogo entre o Governo e a Renamo; – As Comemorações dos 40 Anos da Independência Nacional; 2 – A Requalificação do Mural da Praça dos Heróis Moçambicanos, na Cidade de Maputo; – O 5.º Relatório produzido no âmbito da Implementação da Iniciativa de Transparência da Indústria Extractiva em Moçambique (ITIEM); – O Ponto de Situação dos Projectos Implementados pela Empresa de Desenvolvimento de Maputo Sul, E.P. Maputo, 23 de Junho de 2015"
FONTE: PORTAL DO GOVERNO DE MOÇAMBIQUE.

PORTUGAL GOVERNO DE PORTAL NEWSLETTER

twitterinstagram
Newsletter
23 junho
Saiba maisSaiba mais 
 
Em Destaque 
 
Zona euro reafirma compromisso político para solução na Grécia
2015-06-16 às 18:34
 
O Primeiro-Ministro afirmou que a Cimeira Extraordinária de Chefes de Estado ou de Governo da zona euro «foi importante para demonstrar o compromisso político de todos os Estados-membros» para encontrar uma solução para a Grécia. Pedro Passos Coelho sublinhou que não houve qualquer discussão sobre «planos alternativos quanto à eventualidade de não se chegar a um entendimento».
Saiba maisSaiba mais 
 
«Portugal está disponível para oferecer mais acolhimento e mais resposta» aos imigrantes
2015-06-17 às 21:04
  
«Portugal está disponível para oferecer mais acolhimento» aos imigrantes que procuram uma vida melhor na União Europeia, afirmou o Primeiro-Ministro, no Porto,  durante uma visita ao Centro Comunitário de São Cirilo, uma organização de inserção de estrangeiros em situação difícil. Pedro Passos Coelho acrescentou que se Portugal «quer manter uma boa prestação» neste domínio, «tem de ser muito equilibrado na forma como dirige as suas respostas para aqueles que precisam e que estão cá, tal como para os que vêm de fora».
Saiba maisSaiba mais 
 
Previstos cerca de 200 milhões de euros de novos investimentos tecnológicos
2015-06-15 às 15:45
 
O Vice-Primeiro-Ministro afirmou, durante a visita às empresas portuguesas presentes no Salão Internacional da Aeronáutica e do Espaço de Le Bourguet, em França, que estão previstos cerca de 200 milhões de euros de investimentos tecnológicos. Paulo Portas referiu que três das empresas representadas no Salão estão a investir em Portugal: «a Embraer, que vai fazer novos investimentos à volta de 150 milhões de euros nos centros que já tem no nosso País; a Mecachrome, que tem uma candidatura na ordem das três dezenas de milhões de euros de investimento também em Portugal; e a Altran, que acaba de abrir em Lisboa o seu novo centro de pesquisa e desenvolvimento, que vai empregar mais 200 pessoas qualificadas nos próximos meses», num investimento de cerca de 20 milhões de euros.
Saiba maisSaiba mais 
 
«Previsões apontam para aceleração gradual do crescimento económico nos próximos anos»
2015-06-16 às 22:31
 
«As nossas previsões macroeconómicas mais recentes, apresentadas no Programa de Estabilidade, apontam para a aceleração gradual do crescimento económico nos próximos anos», afirmou a Ministra de Estado e das Finanças, Maria Luís Albuquerque, num jantar organizado pela Associação Portuguesa de Gestão e Engenharia Industrial, em Matosinhos.
Saiba maisSaiba mais 
 
Vão entrar em funcionamento 28 unidades de saúde familiar até ao final do ano
2015-06-17 às 14:46
 
O Ministro da Saúde anunciou que vão entrar em funcionamento 28 Unidades de Saúde Familiar até ao final do ano e que vão também entrar em construção cerca de 20 Centros de Saúde. Esta declarações foram proferidas na audição da Comissão de Saúde, na Assembleia da República. Paulo Macedo recordou que durante a presente legislatura foram abertas 117 Unidades de Saúde Familiar (USF).
Saiba maisSaiba mais 
 
 
 
TEMAS 
 
 
Os consumidores economicamente vulneráveis podem beneficiar de um desconto até 34% na eletricidade e até 31% no gás natural, quer estejam no mercado livre ou no mercado regulado. As tarifas sociais e o apoio social extraordinário ao consumidor de energia permitem que os consumidores economicamente vulneráveis tenham uma fatura de energia mais reduzida, comparando com o mesmo consumo sem estes apoios sociais.
Saiba maisSaiba mais 
 
 
«Estamos prestes a concluir quatro intensos anos de reformas estruturais. Foi um período muito difícil, durante o qual, a par de uma estratégia para ultrapassar a situação de emergência financeira em que nos encontrávamos, conseguimos pôr em marcha o maior e mais ambicioso programa de reformas para o País das últimas décadas». Saiba mais sobre algumas das principais reformas.
Saiba maisSaiba mais 
 
Vídeos
 
Mapa do Cidadão
Já está disponível o Mapa do Cidadão, uma aplicação para localização dos serviços públicos. Pode ser descarregada na App Store, Google Play e Windows Store e ainda visualizada em:http://www.mapadocidadao.pt
Abertura da Semana Azul
«Nos próximos dias, em áreas diferentes e com diferentes abordagens, estamos todos unidos pelo futuro do oceano e os desafios a ele associados, nomeadamente a promoção e o impulsionamento da economia azul», afirmou a Ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, na abertura da Semana Azul, na qual discursou também o Presidente da República.
 
 
2015 Governo de Portugal"
FONTE: NEWSLETTER GOVERNO DE PORTUGAL

CIMENTOS DE MOÇAMBIQUE, CIMPOR VAI INVESTIR 200 ME EM NOVA FÁBRICA EM NACALA

Cimpor investe mais de 200 ME em nova fábrica no norte de Moçambique

Maputo - A Cimentos de Moçambique, detida pela Cimpor, vai investir 250 milhões de dólares (223 milhões de euros) numa nova fábrica em Nacala, na província moçambicana de Nampula, norte do país, revelou terça-feira a administração da empresa à Lusa.
A nova unidade, que se vai juntar a outras cinco que a empresa já possui em Moçambique, entrará em funcionamento até 2018, com a capacidade de produção de 1,5 milhões de toneladas por ano, e vai criar 500 postos de trabalho, avançou Jorge Reis, diretor-geral da Cimentos de Moçambique, à Lusa."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

terça-feira, 23 de junho de 2015

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE,UEM , MAPUTO, MOÇAMBIQUE, ALTERA SIMBOLOS E INTEGRA ÁGUIA AFRICANA COMO MASCOTE

"UEM Altera Símbolos e Integra Águia Africana como Mascote

Maputo, 23 Jun. (AIM) - Novos símbolos passam a representar a Universidade Eduardo Mondlane, a mais antiga instituição de ensino superior em Moçambique. Dentre os símbolos, foi destacada a nova mascote, representada pela águia africana, em homenagem ao arquitecto da unidade nacional moçambicana, Eduardo Chivambo Mondlane, que completaria sábado passado 95 anos, se estivesse vivo.
“De acordo com relatos dos companheiros da época, quando Mondlane veio a Moçambique, em 1961, nas reuniões com os compatriotas, contava a história da parábola da águia, como uma forma discreta de partilhar as suas ideias de libertação nacional”, contou o reitor da UEM, Orlando Quilambo.
Para o reitor, citado pelo “O País”, a águia representa ousadia, espírito competitivo, independência, força de vontade e originalidade, e sabe aproveitar todas as oportunidades que lhe aparecem.
“Chegado aos 40 anos, ela (a universidade) tem que tomar uma difícil decisão, não fazer nada e morrer ou enfrentar um duro processo de regeneração que dura pelo menos 150 dias e aí conseguir prosseguir”, continuou."
FONTE: PORTAL DO GOVERNO DE MOÇAMBIQUE.

DILI TIMOR LESTE: GOVERNO ASSINA ACORDO PARA DESENVOLVER SECTOR DA PESCA, WORLDFISH, FINANCIADO PELO GOVERNO DA NORUEGA

Governo assina acordo para desenvolver setor da pesca

Díli - O Ministério da Agricultura e Pescas timorense assinou um acordo com a organização WorldFish, para implementar um programa de apoio financiado pela Noruega para o desenvolvimento do setor pesqueiro de Timor-Leste.
A WorldFish vai implementar a primeira fase de um programa de 1,2 milhões de dólares financiado pelo Governo norueguês, para os próximos dois anos, que é considerado pelo Executivo timorense um "passo importante na melhoria de informação sobre pescas, de exploração do potencial piscatório do país e no desenvolvimento de uma estratégia de pesca para Timor-Leste"."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

PORTUGAL E ANGOLA: MINISTRO DA ECONOMIA DE PORTUGAL REFERIU " HÁ MAIS DE 300 EMPPRESAS QUE ESTÃO A RECORRER A ESTA LINHA DE CRÉDITO E NÓS, NO GOVERNO EM CONCRETO NO MINISTÉRIO DA ECONOMIA, ESTAMOS ATENTOS PORQUE SE FOR NECESSÁRIO AMPLIAR ESSES 500 MILHÕES ASSIM O FAREMOS, OU PROPOREMOS EM CONSELHO DE MINISTROS"

"

Mais de 300 empresas já recorreram a linha de crédito para atividades em Angola

Luanda - A linha de crédito de 500 milhões de euros para reforçar a tesouraria das empresas portuguesas que exportam para Angola já está a ser utilizada por 300 empresários, anunciou na segunda-feira, em Luanda, o ministro da Economia.
"Há mais de 300 empresas que estão a recorrer a esta linha de crédito e nós, no Governo, em concreto no Ministério da Economia, estamos atentos porque se for necessário ampliar esses 500 milhões assim o faremos, ou proporemos em Conselho de Ministros", disse António Pires de Lima, em visita oficial a Angola. "
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

BRASIL: JBS COMPRA FÁBRICA DE CARNES DA BRITÂNICA MARFRIG

   BRASIL

JBS fecha acordo para comprar fábrica de carnes da britânica Marfrig

Rio de Janeiro – A brasileira JBS fechou acordo para a compra da Moy Park, unidade de carne de frango e alimentos processados da britânica Marfrig Global Foods, um dos maiores processadores de carne do mundo, por cerca de 1,5 mil milhões de dólares, informou a empresa.
A aquisição está enquadrada no plano estratégico da JBS de expansão para os mercados europeus, refere a AFP, acrescentando que a transação está sujeita à aprovação do conselho de administração da JBS e das autoridades reguladoras nos domínios da concorrência da União Europeia, negócio que deverá ser concretizado até ao final do ano."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

ANGOLA IINTERNET GRATIS: FACEBOOK E OPERADORA MÓVEL ANGOLANA UNEM-SE PARA LANÇAR INTERNET GRÁTIS


Facebook e operadora móvel angolana unem-se para lançar Internet grátis

Luanda - A rede social Facebook juntou-se à operadora móvel angolana Movicel para proporcionar aos angolanos Internet grátis, com conteúdos sobre saúde, família, notícias, empregos, entre outras utilidades.
O projeto lançado na segunda-feira, em Luanda, torna Angola no primeiro país lusófono com este tipo de serviço, já existente em 15 outros países, mas à iniciativa juntaram-se igualmente o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o Ministério da Família e Promoção da Mulher, bem como os portais Sapo Angola e Platina Line."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

GALP APOIA FORMAÇÃO TÉCNICO PROFISSIONAL DA ENH DE MOÇAMBIQUE, SAVANNAH E RIO TINTO EXPLORAM AREIIAS PESADAS EM INNAMBANE E GAZA E RUBIS DE MOÇAMBIQUE LEILÃO EM SINGAPURA

ENH envia técnicos para formação na Galp

Maputo - A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), gestora das participações do Estado moçambicano na indústria extrativa, anunciou na segunda-feira uma ação de formação para 24 técnicos na Galp, em Portugal, no âmbito da parceria entre as duas firmas.
Em comunicado enviado à Lusa, a ENH afirma que o primeiro grupo de seis técnicos moçambicanos já esteve em Portugal numa ação de formação e regressou na semana passada, devendo outros grupos seguir nos próximos tempos.

Savannah e Rio Tinto juntas para explorar areias pesadas nas províncias de Inhambane e Gaza

Londres - O grupo metalúrgico britânico Savannah Resources e a mineira anglo-australiana Rio Tinto anunciaram, na segunda-feira, a formação de uma parceria para a exploração de areias pesadas em Moçambique.
A "joint-venture" pretende unir esforços nas prospeções adjacentes de ambas em Mutamba, Dongane e Jangamo, na província de Inhambane, no sul do país, e com a atividade no depósito da Rio Tinto em Chilubane, na província de Gaza, também no sul. 

Leilão de rubis moçambicanos arrecada cerca de 26 ME em Singapura

Maputo - A multinacional britânica Gemfields anunciou na segunda-feira ter arrecadado cerca de 26 milhões de euros pela venda em leilão, em Singapura, de 47.451 quilates de rubis em bruto que extraiu da sua mina em Cabo Delgado, norte de Moçambique.
Na nota de imprensa, a Gemfields refere que vendeu as pedras preciosas, extraídas no distrito de Montepuez, província de Cabo Delgado, a um preço médio de 541 euros por quilate métrico e a arrematação contou com ofertas de 46 empresas presentes no leilão, realizado entre 16 e 21 de junho."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

segunda-feira, 22 de junho de 2015

40 ANOS DA INDEPENDÊNCIA DE MOÇAMBIQUE COMEMORADOS NO ESTÁDIO DA MACHAVA

A TVM TELEVISÃO DE MOÇAMBIQUE APRESENTOU HOJE NO SEU NOTICIÁRIO DA MANHÃ SEGUNDA FEIRA 22 DE JUNHO DE 2015, PELAS 6H00M, UMA REPORTAGEM SOBRE OS PREPARATIVOS DOS 40 ANOS DA INDEPENDÊNCIA DE MOÇAMBIQUE NO ESTÁDIO DA MACHAVA, EM MAPUTO.

GENERAL ELECTRIC ABERTURA DO SEU PRIMEIRO ESCRITÓRIO EM MOÇAMBIQUE

A NORTE-AMERICANA General Electric (GE) abriu quinta-feira o seu escritório em Maputo, numa cerimónia que marca uma etapa decisiva do compromisso da companhia de trazer tecnologias e equipamentos para o país.
A abertura do primeiro escritório da General Electric em Moçambique coincidiu com a visita de uma missão empresarial dos Estados Unidos da América, constituída por gestores de 14 empresas, liderada pelo Ministro norte-americano dos Transportes, Anthony Foxx.
Para a General Electric, a descoberta das imensas reservas de carvão em Moçambique impulsionou a indústria ferroviária do país que agora visa expandir as suas operações não só no atendimento do sector mineiro, como também de outros segmentos-chave para o desenvolvimento nacional.
A General Electric diz-se comprometida em apoiar a modernização e retomada do desenvolvimento do sistema ferroviário de Moçambique.
Trata-se de uma empresa que opera em 175 países, empregando 300 mil pessoas.
A General Electric Transportation foi fundada em 1907. É líder global de tecnologia em transportes ferroviário de passageiros e carga, ajudando a indústria ferroviária a reduzir os custos totais do ciclo de vida e o consumo de combustível, além de cumprir as normas de emissões.
Hoje, cerca de 23 mil locomotivas da GE Transportation operam em 50 países. Oferece ainda sinalização e produtos de comunicação, controlo de tráfego e serviços de despacho."
FONTE: JORNAL NOTICIAS DE MOÇAMBIQUE.
NB: PASSE A PUBLICIDADE MAS BEM ME RECORDO QUE DURANTE AS DÉCADAS DOS ANOS 50 E 60, SER BOM EQUIPAMENTO ELÉCTRICO EM MOÇAMBIQUE, PARA OS MEUS PAIS, ERA SER DA MARCA GENERAL ELECTRIC, FOSSEM VENTOINHAS, FOGÕES, GELEIRAS, ETC.

INSTITUTO SUPERIOR DE AGRO NEGÓCIOS EM MOÇAMBIQUE, A PARTIR DA PROVINCIA DE GAZA, MOÇAMBIQUE, TVM

A TVM TELEVISÃO DE MOÇAMBIQUE A PARTIR DA SUA DELEGAÇÃO DE GAZA,  NO SEU NOTICIÁRIO DA MANHÃ 6H00M, DE HOJE SEGUNDA-FEIRA, 22 DE JUNHO DE 2015, APRESENTOU UMA REPORTAGEM SOBRE ESTE INSTITUTO A FUNCIONAR NA MATOLA, CHIBUTO E XAI XAI, COM CURSOS LIGADOS À ACTIVIDADE EMPRESARIAL PRODUTIVA, NOMEADAMENTE AVÍCOLA, AGRICOLA E AINDA A CURSOS DE CONTABILIDADE E GESTÃO. FICOU EVIDENTE O SENTIDO PRÁTICO, EMPREENDEDOR DESTA INSTITUIÇÃO E TENDO O MERCADO COMO MIRA, COM UMA GESTÃO CONTROLADA E SUSTENTÁVEL.

sábado, 20 de junho de 2015

CHISSANO MOÇAMBIQUE ANTIGO PRESIDENTE JOAQUIM CHISSANO RESSALTA HISTORIA COMUM COM ANGOLA NA LUTA DE LIBERTAÇÃO


TELEVISÃO DE ANGOLA TPA APRESENTA REPORTAGEM SOBRE MOÇAMBIQUE E INTERVENÇÃO DO ANTIGO PRESIDENTE JOAQUIM CHISSANO

ANGOLA TURISMO ESPERADOS SEIS MILHÕES DE TURISTAS POR ANO ATÉ 2020

A TPA TELEVISÃO DE ANGOLA EM EXTENSA REPORTAGEM COM A INTERVENÇÃO DE VÁRIOS OPERADORES TURISTICOS NACIONAIS E ESTRANGEIROS ANUNCIOU QUE O PAÍS TEM COMO META ATINGIR SEIS MILHÕES DE TURISTAS POR ANO ATÉ 2020.

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA E MOÇAMBIQUE: MINISTRO DOS TRANSPORTES DOS USA ANTHONY FOXX, AMÉRICA INTERESSADA EM EXPLORAR OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NAS INFRAESTRUTURAS EM MOÇAMBIQUE

O MINISTRO norte-americano dos Transportes, Anthony Foxx, disse reiteradamente que os Estados Unidos da América (EUA) estão interessados em explorar oportunidades de investimento no sector de infra-estruturas em Moçambique.
Foxx revelou o desiderato no fim da audiência concedida ontem, em Maputo, pelo Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho, no quadro da visita que está a efectuar ao país desde quinta-feira em frente de uma delegação composta por 14 empresas, com foco nos sectores de transporte, energia e agricultura, bem como realizar consultas com membros do Governo.
“Muitas empresas que vieram comigo têm muita experiência na área das infra-estruturas”, disse citado pela AIM o ministro norte-americano, quando questionado sobre o que os Estados Unidos da América fariam para apoiar Moçambique no sector dos transportes.
O titular norte-americano da pasta dos transportes disse que o assunto figura entre as diversas matérias que, na audiência com o primeiro-ministro, foram passadas em revista assim como nos encontros havidos com os outros ministros do Governo.
“Tivemos uma reunião muito produtiva com o primeiro-ministro e discutimos questões sobre como criar empregos e oportunidades económicas”, afirmou Foxx, que já se tinha reunido na quinta-feira com o seu homólogo moçambicano, Carlos Mesquita.
A missão comercial dos EUA é parte da Iniciativa “Doing Business” em África do Presidente norte-americano, Barack Obama, com o objectivo de promover o contacto entre empresas dos EUA e parceiros africanos.
A visita constitui a primeira missão comercial do Governo da Casa Branca a Moçambique e representa um passo importante no compromisso económico bilateral.
Aliás, o ministro norte-americano disse que Moçambique é uma das economias que mais cresce na região e na primeira paragem comprovou o compromisso da Administração Obama para o fortalecer as relações comerciais entre os EUA e o Continente Africano."
FONTE JORNAL NOTICIAS DE MOÇAMBIQUE

SILOS EM MOÇAMBIQUE ARMAZENAGEM DE CEREAIS

A CAPACIDADE de armazenamento de diversos produtos comercializados poderá atingir até ao final deste ano entre 60 a 70 mil toneladas como resultado da construção, em diversos pontos do país, de infra-estruturas como silos e armazéns.
O facto foi revelado ontem, em Maputo, no decurso de um encontro entre o Ministério da Indústria e Comércio e diferentes intervenientes da cadeia de comercialização agrícola em Moçambique.
Sidónio dos Santos, director do Instituto de Cereais de Moçambique (ICM) e porta-voz do encontro, apontou que, com vista a garantir a eficácia na gestão pós colheita, foram construídos nos últimos anos silos na província de Sofala, em Nhamatanda e Gorongosa, na Zambézia, em Alto Molócuè, em Malema, em Nampula, em Ancuabe, em Cabo Delgado, em Angónia, em Tete, para além de Lichinga, no Niassa. Estão ainda em construção outros silos em Milange, na Zambézia.
Sidónio dos Santos garantiu que a provisão de infra-estruturas melhoradas, quer por parte do Governo central, como das autoridades locais, está a trazer melhorias no processo de comercialização agrícola no país, contudo, reconhece que ainda existem constrangimentos.
Aliás, foi por reconhecer a existência de problemas que o ministério decidiu organizar o encontro de ontem, cujo objectivo principal era a busca de soluções para o processo de comercialização em Moçambique.
O Ministro da Indústria e Comércio, Ernesto Tonela, disse esperar que no final do encontro possam ser encontradas as melhores vias para se estimular o desenvolvimento do agro-negócio, indústria do agro-processamento bem como de outras unidades à jusante e, por consequência, haja o aumento do emprego.
Para Max Tonela, a comercialização agrícola desempenha um papel importante na economia nacional, sendo a principal geradora de rendimento das populações nas zonas rurais, onde a maior parte da população tem a sua vida assente na agricultura.
Os intervenientes no processo de comercialização agrícola presentes no encontro apontaram a falta de qualidade de produtos e as dificuldades de acesso aos mercados, aliados à falta de uma política consentânea de transporte marítimo, como alguns dos problemas que enfermam a comercialização agrícola.
Uma fonte da Higeste, uma empresa que se dedica à produção de rações e frangos, disse que cerca de 70 a 80 por cento do custo da ração provém do milho e da soja, ao que ressalvou que o grande problema de Moçambique é a fraca produtividade por hectare associada à fraca qualidade dos produtos.
Acrescentou que a produção do frango também enfrenta uma grande concorrência imposta pelos informais, cuja maioria comercializa o frango vivo sem pagar impostos e outras taxas impostas aos formais.
Um outro interveniente oriundo de Chókwè, na província de Gaza, apontou as ligações de mercado como o grande problema que os agricultores do regadio do Limpopo enfrentam, sobretudo porque quando a época inicia o produtor não sabe onde vai vender, muito menos o preço que poderá praticar, o que acaba criando barreiras no acesso ao financiamento.
“Ninguém pode conceder financiamento a um agricultor que não sabe onde é que vai colocar a sua produção e a que preço será vendido o produto. A incerteza nos preços não só se faz sentir em produtos como milho, mas também nas hortícolas”, sublinhou a fonte.
Outros intervenientes propuseram a necessidade de se replicar a experiência adquirida na reactivação da indústria açucareira nacional (introduzindo barreiras nas importações) para dotar o país de capacidade que concorrer com os países vizinhos.