quinta-feira, 23 de novembro de 2017

ZIMBABWE. ANTIGO PRESIDENTE DA REPUBLICA DE MOÇAMBIQUE JOAQUIM CHISSANO CLASSIFICA MUDANÇA NO ZIMBABWE COMO MOMENTO HISTÓRICO

Ex-PR Chissano classifica mudança no Zimbabué como momento histórico

Maputo - O ex-Presidente de Moçambique, Joaquim Chissano, classificou quarta-feira a mudança política no Zimbabué como "um momento importante na história de África".
"É um momento importante na história de África, um exemplo de que os povos africanos devem saber confiar nas suas próprias forças e saber resolver os seus problemas", referiu."
Fonte: LUSA MOÇAMBIQUE.

terça-feira, 21 de novembro de 2017

2ª CONFERENCIA NACIONAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS REALIZA-SE NA BEIRA, PROVINCIA DE SOFALA, DE 23 A 25 DE NOVEMBRO 2017, POR UMA ADVOCACIA AO SERVIÇO DO ESTADO DE DIREITO E DO DESENVOLVIMENTO

"Beira será sede esta semana da Segunda Conferência Nacional dos Advogados Beira (O Autarca) – A cidade da Beira, a capital da província de Sofala, acolhe esta semana, entre os dias 24 e 25 de Novembro corrente (sextafeira e sábado próximos), a Segunda Conferência Nacional dos Advogados, evento promovido pela Ordem Dos Advogados de Moçambique (OAM). Segundo apurou O Autarca, o evento a ser presidido pelo Bastonário da OAM, Flávio Menete, será subordinado ao tema "Por uma Advocacia ao Serviço do Estado de Direito e do Desenvolvimento". Pretende-se nesta Segunda Conferência Nacional dos Advogados, dentre vários objectivos, discutir assuntos ligados ao exercício da profissão de advocacia no país, bem como discutir o estágio actual da profissão do advogado no país, seus desafios e perspectivas. “Para além destes pontos, a Conferência Nacional dos Advogados vai igualmente, debater questões ligadas á ética e deontologia profissional do advogado, bem como analisar o exercício da profissão por parte da muFlávio Menete, Bastonário da OAM, procede esta manhã, em Maputo, o lançamento da Segunda Conferência Nacional dos Advogados, a ter lugar esta semana na Beira lher” – refere uma nota da OAM enviada à nossa Redacção."
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

EXPEDIÇÃO SUL DE ÁFRICA 360, APRESENTAÇÃO NA SEDE DA ASSOCIAÇÃO PORTUGAL MOÇAMBIQUE, ESPAÇO MOÇAMBIQUE NO PORTO, PORTUGAL, 16 DE DEZEMBRO DE 2017, SÁBADO, 18H00M, SINTA-SE CONVIDADO/A, ABERTURA DA CERIMÓNIA CONSUL GERAL DE MOÇAMBIQUE NO PORTO E ZONA NORTE DE PORTUGAL, DR AFONSO CHAMBE.

"Exmos. Patrocinadores, Editores, Amigos/ Dear Sponsors, Editors and Friends,



É com muito prazer que o convido a estar presente no próximo dia 16 de Dezembro pelas 18:00  no Espaço Moçambique, Porto, Portugal, para a apresentação da Expedição Sul de Àfrica 360°

It is with great pleasure that I invite you to be present on December 16th at 6pm at Espaço Moçambique, Porto, Portugal, for the presentation of the South Africa Expedition 360 °.

Programa/ Program:



Abertura/ Openning: His
Excellency the Consul General
of Mozambique in Porto and Northern Portugal, Dr. Afonso Chambe.

Apresentação/ Presentation: Dr. João Macedo Pinto de Sousa

Apresentação/ Presentationof the NGO SIM - International Solidarity for Mozambique: Dra. Maria Carmo Jardim

Encerramento/ Closing Event: Director of Espaço Moçambique. Dr. João Pedro Sá Russo



This event will be broadcast on Live Stream also social media, TV and Jornals.


Atentamente | Best regards, 

João Sousa 
Telm: +351 966943389 
Never give up | Follow your dreams"

sábado, 18 de novembro de 2017

BAD BANCO AFRICANO DE DESENVOLVIMENTO PRESIDENTE DO BAD ELOGIA TRANSPARENCIA DE MOÇAMBIQUE

MOÇAMBIQUE

Presidente do BAD elogia transparência de Moçambique após crise da dívida

Lisboa - O presidente do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) elogia o desempenho de Moçambique na transparência demonstrada depois da crise da dívida pública e considera que o país pode ser "o Qatar da África" em termos de gás natural.
"Elogio o Governo pela transparência e por saberem que têm de entrar em diálogo com o Fundo Monetário Internacional (FMI) em termos de garantir que as reformas continuam e que conseguem limpar a dívida", disse Akinwumi Adesina, em entrevista à Lusa, em Lisboa, no final de uma visita de trabalho à capital portuguesa, esta semana."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

CHIVEVE CUP, TORNEIO DE GOLFE ENTRE NAÇÕES VENCE EQUIPA DE PORTUGAL, REALIZOU-SE NA BEIRA, SOFALA, MOÇAMBIQUE.

TORNEIO DE GOLFE ENTRE NAÇÕES “CHIVEVE CUP” Portugal retira título a Moçambique José Vitorino (a direita) capitão da selecção de Portugal exibindo a taça do torneio após recebe-la das mãos de Félix Machado, Presidente do Clube de Golfe da Beira Beira (O Autarca) – A selec- ção da comunidade portuguesa residente na cidade da Beira praticante da modalidade de Golfe venceu a última edição do torneio de golfe entre na- ções, denominado “Chiveve Cup”. Com efeito, Portugal retirou, assim, o título de vencedor da prova que era detido pela selecção de Mo- çambique que no ano passado conquistou o torneio. Em 2016 Portugal havia ficado em segundo lugar. O torneio promovido pelo Clube de Golfe da Beira (CGB) teve lugar no último fim-de-semana, tendo sido disputado pelas selecções da Rússia, Portugal, Zimababwe, África do Sul e Moçambique que terminou a prova em segundo lugar. O Capitão da selecção de Portugal, José Vitorino, comentou que a sua equipa decidiu se vingar do título que não conseguiu conquistar no ano passado. Ainda assim, José Vitorino não deixou de reconhecer a potencialidade da selecção moçambicana, tendo sublinhado que “é a mais forte e experiente”. Por seu turno, o capitão da selecção de Moçambique, Alberto Gimo, reconheceu a vitória de Portugal, mas desculpou-se do estado do tereno que estava bastante escorregadio e lamacento devido a chuva que caiu no dia do certame. Félix Machado, Presidente do Clube de Golfe da Beira e um dos melhores golfistas da urbe, integrante da selecção de Moçambique, elogiou a forma competitiva com que foi disputado o evento, tendo felicitado a selec- ção vencedora.■ (Redacção) "
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

V CONFERÊNCIA NACIONAL DE EMPREENDEDORISMO REALIZA-SE EM MAPUTO A 17 DE NOVEMBRO 2017, NO CENTRO DE CONFERENCIAS JOAQUIM CHISSANOCOM O APOIO DA ANJE ASSOCIAÇÃO DOS JOVENS EMPRESÁRIOS DE PORTUGAL E O MINISTÉRIO DA JUVENTUDE E DESPORTOS DE MOÇAMBIQUE.

"Exmos. Senhores,
Para os devidos efeitos se comunica que a Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), em parceria com o Ministério da Juventude e Desportos, irá realizar amanhã, dia 17 de Novembro, em Maputo, no Centro de Conferências Joaquim Chissano, a V Conferência Nacional de Empreendedorismo, um evento composto por sessões de Conferência, Feira do Empreendedor e Gala do Empreendedor, de acordo com o Programa e Horário que se segue.

Atenciosamente,

A. Chrystêllo Tavares
Cônsul-Geral

Rua António Enes, 148/149 2º andar
Beira - Moçambique
tel. 00 258 23 32 60 76 / 23322296 / 23326066
fax 00 258 23 32 46 88


quarta-feira, 15 de novembro de 2017

BAD BANCO AFRICANO DE DESENVOLVIMENTO ABRE "AVENIDA NOVA" AOS PAISES DA CPLPL

  ECONOMIA

Apoio do Banco Africano de Desenvolvimento abre “avenida nova de financiamento” – CPLP

Lisboa – A diretora-geral da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) considerou terça-feira que o apoio do Banco Africano de Desenvolvimento “é fundamental” e que abre uma “avenida nova de financiamento” na CPLP.
Para a diretora-geral da CPLP, Georgina Melo, que falava após um encontro com o presidente daquela instituição, Akinwumi Adesina, o apoio do BAD é fundamental e "abre uma avenida nova de financiamento" para os projetos que estão em preparação."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

CASSA DEPOSITI E PRESTITI, BANCA ITALIANA APOIA MOÇAMBIQUE 95 MILHOES DE EUROS: DRENAGEM E ENSINO TÉCNICO PROFISSIONAL.

   MOÇAMBIQUE

Banco italiano vai desembolsar 95 ME para projetos de drenagem e ensino em Moçambique

Maputo - A Cassa Depositi e Prestiti, instituição financeira do Estado italiano, vai desembolsar 95 milhões de euros para o projeto de drenagem no município de Maputo e para o ensino técnico profissional do país, anunciou terça-feira o Conselho de Ministros.
Em conferência de imprensa no final da sessão semanal do Conselho de Ministros, o porta-voz do órgão, Armindo Ngunga, disse que o banco vai financiar com 60 milhões de euros o Projeto de Sistema de Drenagem de Águas Pluviais na Cidade de Maputo e com 35 milhões de euros a Reforma do Ensino Técnico Profissional."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

terça-feira, 14 de novembro de 2017

FMI EM MOÇAMBIQUE DE 30 DE NOVEMBRO A 13 DE DEZEMBRO


"Equipa do FMI chega no final do mês para analisar situação do país

Maputo - Uma equipa do Fundo Monetário Internacional (FMI) vai visitar Moçambique entre 30 de novembro e 13 de dezembro para discutir a situação do país e o seguimento a dar à auditoria às dívidas ocultas, anunciou a instituição.
"A missão proporcionará uma oportunidade para avaliar a situação económica atual e fazer recomendações de políticas económica e financeira, bem como para discutir o seguimento da auditoria às empresas Ematum, Proindicus e MAM", referiu Ari Aisen, representante do FMI em Moçambique, em comunicado."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

JOÃO LEOPOLDO DA COSTA NOMEADO VICE MINISTRO DA SAÚDE E HELENA MATEUS KIDA NOMEADA VICE MINISTRA DO INTERIOR, EM MOÇAMBIQUE

   MOÇAMBIQUE

Presidente nomeia ex-presidente da CNE vice-ministro da Saúde e magistrada vice do Interior

Maputo - O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, nomeou quarta-feira João Leopoldo da Costa, ex-presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), vice-ministro da Saúde, e Helena Mateus Kida, magistrada judicial, vice-ministra do Interior, indicou hoje a Presidência da República.
Em nota de imprensa, a Presidência da República refere que Filipe Nyusi nomeou a nova vice-ministra do Interior e o novo vice-ministro em despachos separados."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

terça-feira, 7 de novembro de 2017

TERESA RIBEIRO, SECRETÁRIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E COOPERAÇÃO DE PORTUGAL VISITA MOÇAMBIQUE: PROGRAMA DE COOPERAÇÂO ENTTRE PORTUGAL MOÇAMBIQUE PREVÊ 202,5 M€ ATÈ 2021

   MOÇAMBIQUE

Programa prevê 202,5 M€ para Cooperação entre Portugal e Moçambique até 2021

Maputo - O novo Programa Estratégico de Cooperação entre Portugal e Moçambique está orçado em 202,5 milhões de euros, cerca de metade do qual diz respeito a crédito concecional, foi anunciado segunda-feira em Maputo.
Além dos apoios a setores tradicionais (como educação e saúde), é dada especial atenção "ao investimento e comércio", referiu a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Portuguesa, Teresa Ribeiro."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

domingo, 5 de novembro de 2017

FASTJET NOVA COMPANHIA DE TRANSPORTE AÉREO EM MOÇAMBIQUE INICIA VOOS DOMÉSTICOS MAIS ECONÓMICOS

   MOÇAMBIQUE

Companhia aérea Fastjet inicia atividade em Moçambique e promete preços mais baixos

Maputo - A companhia aérea Fastjet iniciou a atividade em Moçambique com o presidente do conselho de administração a defender preços mais acessíveis para estimular a economia.
"O mercado moçambicano está pronto para ver preços mais baixos", disse Nico Bezuidenhout à Lusa. Aquele responsável falava à margem de uma cerimónia alusiva ao voo inaugural da companhia, que na sexta-feira iniciou as suas operações em Moçambique."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

terça-feira, 31 de outubro de 2017

CARVÃO DE MOATIZE, TETE, MOÇAMBIQUE AUMENTO DE PRODUÇÃO MOSTRA QUE CARVÃO É O MOTOR DA ECONOMIA - ECONOMIST

"Aumento da produção em Moatize mostra que carvão é o motor da economia - Economist

Londres - A Economist Intelligence Unit (EIU) considerou segunda-feira que o aumento da produção de carvão na mina de Moatize reforça a convicção de que esta matéria-prima é o principal motor do crescimento económico de Moçambique.
"Os últimos números da produção reforçam a nossa visão, segundo a qual o carvão é o principal motor do crescimento da economia de Moçambique", escrevem os peritos da unidade de análise económica da revista britânica The Economist."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

GALP GANHA PARTICIPAÇÃO DE 20% EM BLOCO DE PETRÓLEO NO BRASIL


Galp ganha participação de 20% em bloco de petróleo no Brasil

São Paulo, Brasil - Um consórcio formado pelas petrolíferas Statoil, ExxonMobil e a Petrogal Brasil, do grupo Galp, arrematou um dos oito blocos oferecidos num leilão de áreas de exploração de petróleo no Brasil que acontece sexta-feira no Rio de Janeiro.
Liderado pela Statoil, com uma participação de 40%, a ExxonMobil, que detém outros 40%, e a Petrogal Brasil, com 20%, o consórcio arrematou uma área no Norte de Carcará ao oferecer 67,12% de óleo excedente retirado na área ao Governo brasileiro, o pagamento de um bónus de cerca de 930 milhões de dólares (cerca de 186 milhões de dólares relativos à Petrogal) e a perfuração de um poço de exploração."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

"VISÃO" DE MANUEL MUTIMUCUIO, OBRA APRESENTADA HOJE PELA PROFESSORA DOUTORA MARIA DO ROSÁRIO AMARAL , HOJE QUARTA FEIRA 25 DE OUTUBRO PELAS 18H00M, NO CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS - POLO DA BEIRA ( CONSULADO DE PORTUGAL BEIRA)

"Exmos. Senhores,

Levo ao conhecimento de V.Excias que vai ter lugar hoje, Quarta-feira, dia 25, pelas 18h00, no Centro Cultural Português-Pólo da Beira, o lançamento do livro de estreia “Visão”, de Manuel Mutimucuio, já apresentado ao público no passado dia 17 de Agosto, no Centro Cultural Português em Maputo.

Esta é a primeira obra de Manuel Mutimucuio e será apresentada pelo Professora Jubilada da Universidade de Braga, Doutora Maria do Rosário Amaral.

Mais informação sobre o autor e respectiva obra pode ser consultada no sítio da internet:

Com os melhores cumprimentos,
António Chrystêllo Tavares 
Cônsul-Geral

Rua António Enes, 148/149 2º andar
Beira - Moçambique
tel. 00 258 23 32 60 76 / 23322296 / 23326066
fax 00 258 23 32 46 88


sábado, 21 de outubro de 2017

SONGO UNIÃO DESPORTIVA DO SONGO SAGRA-SE HOJE CAMPEÃO NACIONAL DE FUTEBOL DE MOÇAMBIQUE RECEBENDO PELA PRIMEIRA VEZ A TAÇA DE CAMPEÃO NACIONAL NO SONGO, PROVINCIA DE TETE, PARABENS PRESIDENTE JOSE COSTA PARABENS EQUIPA, PARABENS SONGO, PARABENS MOÇAMBIQUE!

   MOÇAMBIQUE

Songo recebe pela primeira vez a taça de campeão de futebol de Moçambique

Maputo - A União Desportiva do Songo recebe no sábado, pela primeira vez, a taça de campeão nacional de futebol de Moçambique, no final da partida em casa em que recebe o Ferroviário de Nacala.
Todos os jogos da 30.ª e última jornada do Moçambola estão marcados para sábado, às 15:00."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

terça-feira, 17 de outubro de 2017

INCÊNDIOS EM PORTUGAL UMA GRANDE TRAGÉDIA HUMANA E AMBIENTAL, CONSULADO GERAL DE PORTUGAL NA BEIRA ABRE LIVRO DE CONDOLÊNCIAS

Refª  291
        17-10-2017 
"Exmos. Senhores,

Levo ao conhecimento de V.Exas. que por respeito às vítimas dos incêndios que afectam várias regiões de Portugal, se encontra aberto o Livro de Condolências,nos dias 17, 18 e 19 do corrente mês de Outubro, entre as 08h00 e as 12h00, nas instalações deste Consulado-Geral.
Com os melhores cumprimentos,
António Chrystêllo Tavares 
Cônsul-Geral

Rua António Enes, 148/149 2º andar
Beira - Moçambique
tel. 00 258 23 32 60 76 / 23322296 / 23326066
fax 00 258 23 32 46 88

sábado, 14 de outubro de 2017

JOSÉ RODRIGUES DOS SANTOS - SINAL DE VIDA OBRA LANÇADA A 21 DE OUTUBRO ÀS 17H00M AUDITÓRIO DOS OCEANOS DO CASINO LISBOA, PARQUE DAS NAÇÕES, ALAMEDA DOS OCEANOS Nº 45, ENTRADA LIVRE

"Caro/a Leitor/a
O Autor e a Gradiva têm o prazer de convidá-lo(a) para a sessão de lançamento do novo romance de José Rodrigues dos Santos  Sinal de Vida -, no dia 21 de outubro, sábado, pelas 17 horas, no Auditório dos Oceanos do Casino Lisboa, Alameda dos Oceanos, nº 45, Parque das Nações, Lisboa.

A obra será apresentada físico Fernando Carvalho
 Rodrigues.

A sessão de lançamento contará
 com uma intervenção dos investigadoresdo Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, subordinada ao tema «À descoberta de outros mundos», e com a participação da Companhia de Teatro Fatias de Cá
Seguir-se-á uma sessão de autógrafos.

ENTRADA LIVRE
(limitada à capacidade da sala)
Contamos com a sua presença!
(convite no anexo)
Com os melhores cumprimentos
José Rodrigues dos Santos e Gradiva Publicações

Visite-nos também no Facebook em:
http://www.facebook.com/pages/Gradiva-Publica%C3%A7%C3%B5es-SA/218028718210072"

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

BANCO MUNDIAL DOA 150 MILHÕES DE DÓLARES A MOÇAMBIQUE PARA MELHORAR A DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA

"BM doa 150 milhões de dólares americanos a Moçambique para melhorar a distribuição de energia Washington – O Banco Mundial (BM) acaba de aprovar uma doa- ção financeira no montante equivalente a 150 milhões de dólares americanos para o apoio ao sector da energia em Moçambique. Este financiamento da Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA) destina-se a apoiar a Empresa Eletricidade de Moçambique, EDM, na melhoria da capacidade operacional da sua rede eléctrica, assim como da sua eficiência operacional. Moçambique registou progressos significativos na expansão do acesso à eletricidade nos últimos anos, tendo alargado a cobertura eléctrica a 26% contra apenas 6% em 2006. Todos os postos administrativos em todo o país têm acesso à energia. Na esteira desses desenvolvimentos, a EDM enfrenta desafios crescentes de eficiência e fiabilidade da sua electricidade. Em 2016, as perdas totais do sistema foram estimadas em 26%, cifra superior à média ponderada da África Subsariana. O país enfrenta também outros pontos críticos como uma rede de infra-estruturas deficitária, a falta de sistemas de transmissão e sua interconexão em todo o país, entre outros. “Estou satisfeito com a aprovação deste financiamento, especialmente nestes tempos de grandes necessidades de investimento público neste sector crucial”, reconheceu Mark Lundell, Director do Banco Mundial para Moçambique, Madagáscar, Maurícias, Seychelles e Comores. “Esta doação financeira da IDA está alinhada com a nossa estratégia para com Moçambique denominada Quadro de Parceria com o País (CPF), e o próprio Plano Quinquenal do Governo, os quais visam expandir infra-estruturas no país com o objectivo de melhorar os sectores produtivos da economia e alcançar a diversificação económica”. A maior parte deste apoio financeiro (equivalente a USD $ 117 milhões) apoiará a reabilitação e modernização da rede de infra-estruturas eléctricas com o intuito de melhorar a qualidade e fiabilidade da energia eléctrica. O que incluirá investimentos no reforço das linhas de transmissão e distribuição, instalação de transformadores adicionais para aumentar a capacidade, e instalação de equipamentos de compensação reactiva nas cidades de Maputo, Matola, Nacala, Pemba e Lichinga. O montante remanescente será utilizado nas seguintes vertentes: componente operacional e comercial da EDM deverá receber o equivalente a USD $ 29,5 milhões; a componente do fortalecimento de capacidade institucional da EDM e apoio na implementa- ção do projecto será alocada o equivalente a USD $1,5 milhões; e o apoio em capacitação para o Ministério dos Recursos Minerais e Energia receberá o equivalente a USD $ 2,0 milhões. “Este projecto, designado Projecto de Eficiência Energética e Melhoria da Confiabilidade, faz parte de um programa abrangente de apoio do Banco Mundial ao sector de energia em Moçambique e representa um esforço coordenado e complementar ao de outros parceiros de desenvolvimento que apoiam o desenvolvimento do sector”, destacou Zayra Romo, Especialista Sénior em Energia e principal responsável da equipe para a operação. Com efeito, este investimento baseia-se em lições aprendidas e ganhos de outras acções apoiadas pelo Banco Mundial e recentemente implementadas, como seja o Projecto de Modernização e Transmissão; e o Projecto de Desenvolvimento e Acesso à Energia (EDAP), entre outros investimentos anteriores. Sobre a IDA A Associação Internacional de Desenvolvimento (IDA) do Banco Mundial foi criada em 1960 e ajuda os países mais pobres do mundo, fornecendo financiamento com juros baixos e ou a zero para projectos e programas que impulsionam o crescimento econó- mico, reduzam a pobreza e melhoram a vida das pessoas pobres. A IDA é uma das maiores fontes de assistência para os 75 países mais pobres do mundo, dos quais 39 encontram-se em África. Os recursos da IDA trazem mudanças positivas para 1.500 milhões de pessoas que vivem em países financiados pela IDA. Desde 1960, a IDA apoiou o trabalho de desenvolvimento em 113 países. Os compromissos anuais têm em média cerca de US $ 18 bilhões nos últimos três anos, com cerca de 54"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

SADC PROJECTA CONSTRUIR AUTO - ESTRADA REGIONAL A PARTIR DA CIDADE DA BEIRA, SOFALA, MOÇAMBIQUE

SADC projecta construir auto-estrada regional a partir da cidade portuária da Beira Beira (O Autarca) – A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), organismo regional com sede em Gaberone, capital do Botswana, pretende construir uma autoestrada trans-africana, denominada TAH-9 (Trans África High Way number 9), com o objectivo de ligar a costa ocidental da África Austral, a partir da cidade portuária da Beira, capital da província de Sofala, centro de Moçambique, para dinamizar o comércio na região. A informação foi revelada em Angola pelo director do Corredor do Lobito, Jesus Martins, que citou um esNavio atracado no Porto da Beira. Imagem recente sacada no último domingo Continuado da Pág. 01 tudo em desenvolvimento. O Porto e o Corredor da Beira representam uma importante plataforma logística para os países encravados da região da África Austral, com destaque para o Zimbabué, Malawi, Zâmbia, Botswana e a República Democrá- tica do Congo (RDC). A fonte que falava numa cerimónia pública no seu país, tendo sido citada no último fim-de-semana pelo Jornal de Angola, chegou a formular votos para que o estudo em curso seja a médio e longo prazos concretizado. A eventual execução do ambicioso projecto regional representará um contributo importante para dinamizar não somente as actividades do Porto e do Corredor da Beira, como também o ambiente de negócio e investimento na cidade da Beira, o segundo maior centro económico de Moçambique, e de toda a região centro do país cujas quatro províncias beneficiam da travessia do Rio Zambeze, um dos principais do continente africano com uma enormidade de recursos por serem ainda explorados. O Porto Marítimo da Beira tem a vantagem de estar ligado a duas importantes redes de comunicação terrestre de dimensões regionais, nomeadamente (i) as Linhas Férreas de Sena com potencial de penetração para o Malawi e daí poder alcançar a RDC através da Zâmbia; e a Linha de Machipanda que se estende até ao Zimbabwe podendo daí ligar Angola através da través de onde se chega mais rápido também ao Zimbabwe, Malawi, Zâmbia, RDC e Angola. Em termos de redução de distâncias o Porto Marítimo da Beira leva uma enormíssima vantagem competitiva em relação aos restantes principais portos da região, conforme ilustra o gráfico a baixo. Zâmbia e Namibia através do Botswana; e (ii) as estradas nacionais nº 6 que liga o Zimbabwe com a facilidade de conexão com os restantes países da região sendo os mais próximos a Zâmbia, Botswana, Angola, Namíbia e Á- frica do Sul; e a EN4 que parte de Manica em direcção a Tete, ligando as fronteiras de Cassacatiza e Zóbue, aZIMABABWE Harare Bulawayo ZAMBIA Lusaka Kitwe Beira 559 726 Beira 1054 1370 Durban 1711 1454 Durban 2381 2707 MALAWI Blantyre Lilongwe D.R CONGO Libumbashi Beira 812 950 Beira 1600 Durban 2323 2678 Durban 2611 Dar Es Salaam 2031 1667 Dar Es Salaam 2290 frica desenvolvem miores volumes de intercâmbio comercial, tais os casos da China, Índia, Dubai, Japão, incluindo alguns estados da Europa Oriental.■ (Texto e Foto Chabane Falume/ Tabela retirada do site da CdM) Paralelamente, o Porto Marítimo da Beira fica também mais próximo das actuais principais escalas de mercadorias trans-oceânicas, nomeadamente os mercados asiáticos com os quais os países da região Austral de Á- "
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.