sexta-feira, 15 de setembro de 2017

PORTUGAL EM CRESCIMENTO ECONÓMICO E SOCIAL


Os 12 projetos
OGMA (Alverca)
Implica um investimento de 9,9 milhões de euros, a criação de 28 postos de trabalho, e visa diversificar as áreas de negócio da companhia, através da "implementação de uma nova actividade operacional na empresa, distinta das áreas de fabricação e montagem de aeroestruturas e de manutenção aeronáutica (MRO), nos quais a empresa actualmente opera", lê-se no comunicado do Conselho de Ministros.
TEC Pellet (Póvoa do Varzim)
30,7 milhões de euros. Envolve a criação de 23 postos de trabalho e vai aumentar a capacidade produtiva da unidade industrial, recorrendo a "inovações do processo produtivo, através da adição de novas funções e aplicabilidades". Vai incorporar "novas tecnologias produtivas não existentes em Portugal e novos sistemas de planeamento e gestão da produção".
Sakthi Portugal (Águeda)
36,7 milhões de euros. Envolve a criação de 135 postos de trabalho, estando relacionado com a construção de uma nova unidade industrial autónoma para a produção de componentes de segurança crítica em ferro nodular para automóveis.
Painel 2000 (Braga)
7,5 milhões de euros . Vai lançar 21 novos postos de trabalho e passa pela criação de duas novas linhas de produção de novos produtos, que vão possibilitar "o aumento da eficiência da empresa e um acréscimo significativo da sua capacidade e produtividade".
Paper Prime (Vila Velha de Rodão)
24,6 milhões de euros. Possibilita a construção de uma nova unidade industrial para o fabrico de papel tissue e cria 45 postos de trabalho.
Fundifás - Fundição (Águeda)
7,8 milhões de euros. Abre 20 postos de trabalho e destina-se ao aumento da eficiência produtiva e à redução dos custos de produção da companhia.
DMM - Desenvolvimento, Maquinagem e Montagem (Oliveira de Azeméis)
1 - 5,2 milhões de euros. Vai criar oito postos de trabalho e permitir o desenvolvimento da actividade de fabricação de componentes para automóveis.
2 - 5,1 milhões de euros,16 postos de trabalho, permitindo desenvolver a actividade de fabricação de suportes e elementos mecânicos para viaturas automóveis.
Epalfer - Serralharia de Moldes, Cunhos e Cortantes (Águeda)
4,8 milhões de euros. Lança seis novos postos de trabalho, permitindo a construção de uma nova unidade industrial.
Bohus Botech Portugal (Sousel)
5,6 milhões de euros. Cria 12 postos de trabalho, visando a instalação de uma unidade produtiva de dispositivos médicos.
Schmidt Light Metal (Oliveira de Azeméis)
8,03 milhões de euros. Vai permitir a fabricação de novas peças para o sector automóvel, criando 17 postos de trabalho.
Efapel - Empresa Fabril de Produtos Elétricos (Coimbra)
13,7 milhões de euros. Vai criar 27 postos de trabalho, e é destinado à industrialização de soluções diferenciadoras para este setor.

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

VICENTE MANJATE, ADVOGADO E PRESIDENTE DO CONSELHO PROVINCIAL DE SOFALA DA ORDEM DOS ADVOGADOS DE MOÇAMBIQUE E A UNIVERSIDADE PEDAGÓGICA DA BEIRA ASSINAM ACORDO NAS ÁREAS DA FORMAÇÃO PRÁTICA DO DIREITO E USO DE INFRAESTRUTURAS

"OAM-Sofala e UP-Beira firmam parceria para a promoção da Justiça e de Direito Beira (O Autarca) – Teve lugar na manhã de ontem, quarta-feira (13), a assinatura de um memorando de entendimento entre o Conselho Provincial de Sofala (CPS) da Ordem dos Advogados de Moçambique (OAM) e a Universidade Pedagógica (UP) – Delegação da Beira (DB) com vista a promoção da Justiça e de Direito nesta parcela do país. O acordo assinado pelo Presidente do CPS da OAM, Vicente Manjate, e pela Directora da UP–DB, Fátima Batalhão, integra o conjunto de actividades em curso no âmbito da semana comemorativa do Advogado, que Momento da assinatura do memorando de entendimento. Na imagem Vicente Manjate, Presidente do CPS da OAM, e Fátima Batalhão, Directora da UP-Delegação da Beira te. Segundo apurou O Autarca, o memorando de entendimento ora assinado pelas duas entidades, tem em vista viabilizar a cedência gratuíta de salas para acções de formação e palestras, caravanas da Justiça da Ordem dos Advogados de Moçambique e apoiar a Universidade Pedagógica na formação prática dos seus estudantes do curso de Direito integrados na Clínica Jurídica. Ainda ontem e por ocasião da celebração da semana do Advogado, o Conselho Provincial de Sofala da Ordem dos Advogados de Moçambique promoveu, na cidade da Beira, um encontro de reflexão sobre a qualidade e os desafios dos Advogados em Mo- çambique, que juntou as comunidades estudantil e docente das instituições de ensino superior de Sofala, designadamente Instituto Superior de Ciências e Tecnologia Alberto Chipande (ISCTAC), Universidade Católica de Moçambique (UCM), Universidade Jean Piaget (UniPiaget), Universidade Pedagógica (UP) e Universidade Zambeze (UniZambeze). Ponto mais alto das comemorações será assinalado hoje O ponto mais alto da semana comemorativa do Advogado será assinalado nesta quinta-feira (14) – o Dia do Advogado de Moçambique, que este ano coincide com a celebração do 23º aniversário da criação da Ordem dos Advogados de Moçambique (OAM). Na cidade da Beira, o dia será assinalado com a realização, esta manhã, do tradicional acto solene de deposição de coroa de flores, na Praça da Juventude, em memória dos colegas falecidos. No período da tarde estão agendas duas sessões de palestras, noO Jurista Eliseu de Sousa será palestrante, hoje, na cidade da Beira, sobre O Papel do Advogado na Garantia do Direito à Defesa arredores da cidade da Beira.■ (R) meadamente a primeira sobre O Papel do Advogado na Garantia do Direito à Defesa, a ser proferida pelo conceituado jurista beirense Eliseu de Sousa; e a segunda a ser dissertada pelo próprio Presidente do Conselho Provincial de Sofala (CPS) da Ordem dos Advogados de Moçambique (OAM), Vicente Manjate, versará sobre os Desafios dos Defensores dos Direitos Humanos. A semana encerra no próximo sábado (16) com a promoção de uma Caravana da Justiça que providenciará Assistência Jurídica a pessoas carenciadas no populoso bairro da Manga, "
FONTE: O AUTARCA JORNAL DE MOÇAMBIQUE.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

CPLP ESCRITORES DA CPLP REUNEM-SE DE 27 A 29 DE OUTUBRO NA CIDADE DA PRIA CABO VERDE

"Escritores da CPLP reúnem-se em Outubro na cidade da Praia Lisboa (O Autarca) – Um grupo de escritores lusófonos reúne-se de 27 a 29 de Outubro próximo, na cidade da Praia, no VII Encontro de Escritores de Língua Portuguesa (EELP), promovido pela UCCLA – União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa, em parceria com a Câmara Municipal da Praia. O evento visa contribuir para o diálogo e o enriquecimento recíproco entre escritores dos diferentes países e continentes. A iniciativa chega este ano à sétima edição. Na anterior edição o evento contou com a presença de mais de 30 escritores do universo lusófono. De acordo com informações divulgadas pela UCCLA, o certame, que vai reunir escritores conhecidos e de renome dos países de Língua Portuguesa, nas áreas da literatura e da linguística, pretende ainda promover o intercâmbio entre os autores lusófonos.■ (REdacção/ África 21)"
FONTE: O AUTARCA, JORNAL DE MOÇAMBIQUE

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

7 DE SETEMBRO 1974, ACORDOS DE LUSAKA, PORTUGAL E FRELIMO CHEGAM A ACORDO SOBRE A INDEPENDÊNCIA DE MOÇAMBIQUE

"NO ÃMBITO DO DIA DA VICTÓRIA , QUATRO MIL COMBATENTES DESFILAM HOJE EM LICHINGA , MAIS DE QUATRO MIL COMBATENTES DESFILAM HOJE NA CIDADE DE LICHINGA, QUE ACOLHEAS CERMÓNIAS CENTRAIS ALUSIVAS À COMEMORAÇÃO DO 7 DE SDE SETEMBRO, DIA DA VITÓRIA , NAQUILO QUE SERÁ QUARTO FESTIVAL NACIONAL DO COMBATENTE, EFEMÉRIDE A SER ORIENTADA PELO PRESIDENTE DA REPÚBLICA , FILIPE NYUSI",
FONTE DIÁRIO DE MOÇAMBIQUE

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

FILIPE JACINTO NYUSI, PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE ENDEREÇA CONDOLÊNCIAS A DONALD TRUMP PRESIDENTE DA AMÉRICA PELAS VITIMAS DO FURACÃO HARVEY"


"Filipe Nyusi endereça condolências a Donald Trump pelas vítimas do furacão Harvey

Maputo - O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, endereçou uma carta de condolências ao seu homólogo norte-americano, Donald Trump, pelas vítimas e danos provocados pelo furacão Harvey, no Texas.
Numa nota divulgada pela Presidência da República de Moçambique na noite de segunda-feira, Filipe Nyusi manifesta consternação pelo sucedido e estende a sua solidariedade, em nome do povo moçambicano, a Donald Trump e ao povo norte-americano."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

PAZ EM MOÇAMBIQUE: "BRASIL VÊ "PROGRESSOS PALPÁVEIS" NO PROCESSO DE PAZ EM MOÇAMBIQUE


"Brasil vê “progressos palpáveis” no processo de paz de Moçambique

Maputo - O embaixador do Brasil em Maputo, Rodrigo Baena Soares, considerou terça-feira haver "progressos palpáveis" no processo de paz de Moçambique.
Apesar de ainda haver feridas por fechar em Moçambique após a guerra civil, as negociações de paz registam "progressos palpáveis", referiu, num processo em que Baena Soares realçou a visão do Presidente, Filipe Nyusi."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

MOÇAMBIQUE JÀ ACEITOU A ETHIOPIAN AIRLINES E A MALAWI AIRLINES A OPERAREM VOOS DOMÉSTICOS, PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA DE MOÇAMBIQUE

"Selecionadas duas companhias internacionais para voos internos em Moçambique

Maputo - A Ethiopian Airlines e a Malawi Airlines são as primeiras companhias internacionais selecionadas para efetuar voos domésticos em Moçambique, anunciou terça-feira o presidente do Conselho de Administração do Instituto de Aviação Civil.
"É a primeira vez na história deste país que companhias estrangeiras concorrem para as rotas domésticas, como é o caso da Ethiopian Airlines e Malawi Airlines", disse João Abreu."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

terça-feira, 5 de setembro de 2017

UP UNIVERSIDADE PEDAGÓGICA DE MOÇAMBIQUE, A MAIOR UNIVERSIDADE PÚBLICA DE MOÇAMBIQUE, VAI SER DIVIDIDA EM QUATRO UNIVERSIDADES

"UP será dividida em quatro universidades Beira (O Autarca) – Uma proposta de divisão da Universidade Pedagó- gica (UP) em quatro instituições do ensino superior será levada brevemente a apreciação do Conselho de Ministros para a sua aprovação. A iniciativa que se enquadra no esforço de descentralização da instituição, prevê a criação da UP Sede, UP Sul, UP Centro e UP Norte. A UP é a maior universidade pública do país.■ (R)"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE

BCI BANCO COMERCIAL E DE INVESTIMENTOS, LEVOU ESTE ANO À FACIM SOLUÇÕES INOVADORAS

"BCI voltou a expôr soluções inovadoras na FACIM Maputo (O Autarca) – O Banco Comercial e de Investimentos (BCI) marcou novamente, este ano, presença na Feira Internacional de Maputo (FACIM), levando à exposição diversas soluções inovadoras. No Pavilhão da Agricultura, o stand do BCI, que mereceu a visita do Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, apresentou produtos e serviços mais especializados na área agrícola. O mesmo contou com gestores do Desk Agro, especialistas com valências necessárias para melhor orientar os visitantes da feira com interesse no sector da agricultura, enaltecendo o posicionamento estratégico do BCI como um Banco vocacionado e especializado para o financiamento ao sector do agronegócio em Moçambique. O BCI esteve igualmente presente no Pavilhão Ricatla, num stand onde estiveram em exposição produtos e serviços localizados. O mesmo contemplou uma Mini-Agência e áreas para demonstração de funcionalidades, compra virtual, adesão e contacto com Presidente Filipe Nyusi durante a visita ao stand do BCI na abertura da 53ª Edição da FACIM racuene, reuniu num único espaço diversos actores e sectores económicos de Moçambique, tornando-se num lugar privilegiado de encontros para o empresariado nacional e estrangeiro.■ o serviço daki via Internet (APP) e daki via Celular. Refira-se que o evento internacional, este ano na sua 53ª edição, a 7ª da sua realização em Ricatlha, Mar"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE

MOÇAMBIQUE CRESCEU 4,6% EM JUNHO DE 2017, RELATIVAMENTE A JUNHO DE 2016, EM VOLUME DE NEGÓCIOS

Volume de negócios mensal de Moçambique cresceu 4,6% em junho face a 2016 - INE

Maputo - O índice geral de volume de negócios mensal de Moçambique aumentou 4,6% em junho deste ano relativamente ao mesmo mês de 2016, anunciou o Instituto Nacional de Estatística moçambicano.
O indicador agrega os diferentes setores de atividades económicas do país, refere nota a que a Lusa teve acesso na segunda-feira."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

FACIM FEIRA INTERNACIONAL DE MOÇAMBIQUE EM MAPUTO E OS EMPRESÁRIOS PORTUGUESES

  MOÇAMBIQUE

Portugueses apostam na Feira Internacional de Maputo para se afirmar no mercado

Maputo - A Feira Internacional de Maputo é uma tradição para algumas das empresas portuguesas que querem investir em Moçambique, contaram os representantes à Lusa. 
"O mercado moçambicano continua a ser um mercado que promete. Definitivamente, queremos expandir os nossos serviços", disse à Lusa Acílio dos Santos Silva, administrador da Jotelar."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

terça-feira, 29 de agosto de 2017

PENSÃO VITALICIA EM MOÇAMBIQUE PARA TRABALHADORES COM DEZ ANOS DE PRESTAÇÕES

Governo moçambicano introduz pensão vitalícia reduzida

Maputo - O Conselho de Ministros de Moçambique aprovou terça-feira um novo regulamento sobre a segurança social obrigatória que prevê uma pensão reduzida para contribuintes com apenas dez anos de prestações e o adiantamento de prestações para trabalhadores por conta própria. 
Em conferência de imprensa no final da sessão semanal do Conselho de Ministros, a ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Victória Diogo, afirmou que a nova norma preconiza que contribuintes que cumpriram um mínimo de dez anos possam ter uma pensão vitalícia reduzida, caso fiquem impedidos de continuar a fazer as suas prestações."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

PORTO DA BEIRA, SOFALA, MOÇAMBIQUE VAI TER NOVO TERMINAL DE CARVÃO

"Porto da Beira terá novo terminal de carvão Beira (O Autarca) – A empresa New Coal Terminal Beira (NCTB), subsidiária do grupo indiano Essar Ports, pretende construir um novo terminal de carvão no Porto da Beira, no centro de Moçambique, ao abrigo de um contrato de concessão assinado com o Ministério dos Transportes e Comunicações de Moçambique. Segundo avança um comunicado da Essar Ports, a construção do terminal, o primeiro negócio no estrangeiro da unidade portuária do grupo indiano, será efectuada em duas fases de 10 milhões de toneladas cada, sendo que a primeira tem um custo estimado em 275 milhões de dólares e deverá entrar em funcionamento no primeiro trimestre de 2020. O carvão de Moçambique está actualmente a ser explorado por empresas mineiras como o grupo brasileiro Vale, o consórcio indiano International Coal Ventures Ltd (ICVL), a britânica Beacon Hill Resources e a JSPL Mozambique Minerais, subsidiária do grupo indiano Jindal Steel and Power Ltd (JSPL). O presidente executivo, Rajiv Agarwal, disse ao jornal indiano The Economic Times que o grupo terá uma participação de 70 por cento no capital social da New Coal Terminal Beira, ficando os restantes 30 por cento nas mãos da estatal Portos e Caminhos-deFerro de Moçambique (CFM-EP)."
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

ACESSO À JUSTIÇA E AO DIREITO EM MOÇAMBIQUE, SEMINÁRIO REALIZADO NA BEIRA PROVINCIA DE SOFALA, CONTA COM A PRESENÇA DA PRIMEIRA DAMA DE MOÇAMBIQUE, ISAURA FERRÃO NYUSI

DE ACORDO COM NOTICIA VEICULADA PELO DIÁRIO DE MOÇAMBIQUE A PRIMEIRA DAMA DE MOÇAMBIQUE, ISAURA FERRÃO NYUSI, JÁ SE ENCONTRA NA BEIRA, NOMEADAMENTE,  "ALÉM DE PARTICIPAR NO SEMINÁRIO NACIONAL SOBRE ACESSO À JUSTIÇA E AO DIREITO EM MOÇAMBIQUE, VISITIRÁ O CENTRO APOIO À VELHICE, NO POSTO ADMINISTRATIVO DE NHANGAU E IRÁ REUNIR COM AS MULHERES DESTE DISTRITO".

terça-feira, 22 de agosto de 2017

ISAURA FERRÃO NYUSI, PRIMEIRA DAMA DE MOÇAMBIQUE ESTÁ DE VISITA À PROVINCIA DE SOFALA

"Isaura Nyusi inicia visita a província de Sofala Beira (O Autarca) – A esposa do Presidente da República, Isaura Ferrão Nyusi, inicia nesta terça-feira (22) uma visita de trabalho de quatro dias a província de Sofala, centro de Moçambique. Nesta sua deslocação a província de Sofala, onde deverá permanecer até o próximo dia 25 (sexta-feira), Isaura Ferrão Nyusi trabalhará sucessivamente nos distritos de Caia, Gorongosa e cidade da Beira. A Primeira Dama da República de Moçambique chegou a cidade da Beira na manhã desta terça-feira, tendo imediatamente iniciado viagem de carro até o distrito de Caia, num percurso de cerca de quatrocentos quilómetros de estrada, na sua maior extensão com problemas sérios de buracos, cenário que recomenda maior prudência aos automobilistas. Depois de Caia, onde deverá pernoitar hoje, Isaura Ferrão Nyusi rumará ao distrito da Gorongosa, numa viagem a ser feita também de carro. Isaura passará a noite de amanhã para depois de amanhã na Gorongosa, devendo depois iniciar viagem à cidade da Beira, a última etapa da sua visita à província de Sofala. A Primeira Dama da República de Moçambique é patrona de diversas iniciativas a fovor de causas sociais, beneficiando sobretudo as camadas desfavorecidas.■ (Redacção)"
FONTE: O AUTARCA JORNAL DE MOÇAMBIQUE.

CAMARA DE COMERCIO PORTUGAL MOÇAMBIQUE APRESENTA O SEU DIRECTORIO A 29 DE AGOSTO TERÇA FEIRA EM MAPUTO NO AUDITORIO DO BCI, PARABENS RUI MOREIRA DE CARVALHO PRESIDENTE DA DIRECÇÃO DA CCPM

Exmos. Senhores,
Estando a Delegação da AICEP em Maputo a apoiar a CCPM-Câmara de Comércio Portugal Moçambique na apresentação do seu Directório 2017 - 2018, que terá lugar no Auditório do BCI, a 29 de Agosto, em Maputo, divulgamos o convite que o senhor Presidente da CCPM vos dirige:
“Bom dia.
A Câmara Comércio Portugal Moçambique (CCPM) vai apresentar o seu Diretório 2017-2018, em Maputo, no Auditório do BCI, a 29 de agosto, e a 27 de setembro, em Lisboa, na Sociedade Rebelo de Sousa - juntamos, em anexo, cópia digital dos Programas.
A entrada é livre, condicionada aos lugares existentes.
Para uma melhor logística, agradecemos que registe a inscrição no linkhttps://www.ccpm.pt/pt/eventos/apresentacao-diretorio-ccpm-2017-2018-maputo do site www.ccpm.pt .
A CCPM disponibiliza as suas instalações em Maputo, e em Lisboa, com reservaonline, https://www.ccpm.pt/pt/o-que-fazemos/aluguer-de-espacos/aluguer-de-espacos-7, para marcação de reuniões dos seus associados.
Com os nossos cumprimentos,
Rui Moreira de Carvalho
Presidente da Direção da CCPM”
Exmos. Senhores,
Estando a Delegação da AICEP em Maputo a apoiar a CCPM-Câmara de Comércio Portugal Moçambique na apresentação do seu Directório 2017 - 2018, que terá lugar no Auditório do BCI, a 29 de Agosto, em Maputo, divulgamos o convite que o senhor Presidente da CCPM vos dirige:
“Bom dia.
A Câmara Comércio Portugal Moçambique (CCPM) vai apresentar o seu Diretório 2017-2018, em Maputo, no Auditório do BCI, a 29 de agosto, e a 27 de setembro, em Lisboa, na Sociedade Rebelo de Sousa - juntamos, em anexo, cópia digital dos Programas.
A entrada é livre, condicionada aos lugares existentes.
Para uma melhor logística, agradecemos que registe a inscrição no linkhttps://www.ccpm.pt/pt/eventos/apresentacao-diretorio-ccpm-2017-2018-maputo do site www.ccpm.pt .
A CCPM disponibiliza as suas instalações em Maputo, e em Lisboa, com reservaonline, https://www.ccpm.pt/pt/o-que-fazemos/aluguer-de-espacos/aluguer-de-espacos-7, para marcação de reuniões dos seus associados.
Com os nossos cumprimentos,
Rui Moreira de Carvalho
Presidente da Direção da CCPM”

domingo, 20 de agosto de 2017

BEIRA, CIDADE E CAPITAL DA PROVINCIA DE SOFALA, COMEMORA HOJE 110 ANOS

BEIRA CIDADE E CAPITAL DA PROVINCIA DE SOFALA, MOÇAMBIQUE, PARABENS AOS BEIRENSES, À PROVINCIA DE SOFALA E A MOÇAMBIQUE, POR TÃO DISTINTA CIDADE QUE NOS DEU, HÁ QUE PRESERVAR E CUIDAR BEM DELA! OBRIGADO POR BEM ME TER RECEBIDO. OBRIGADO PADRINHO MARCELINO POR ESTA LINDA FOTO.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

GOLFE NA BEIRA, SOFALA MOÇAMBIQUE, CLUBE DE GOLFE DA BEIRA PROMOVE TORNEIO A 20 DE AGOSTO, DIA DA CIDADE DA BEIRA, CLUBE COM 110 ANOS, POIS FOI CRIADO EM 1907, ANO DA CIDADE DA BEIRA

Clube de Golfe da Beira promove torneio alusivo ao 20 de Agosto Beira (O Autarca) – O Clube de Golfe da Beira (CGB) promove neste fim-de-semana um torneio especial alusivo ao 20 de Agosto, Dia da Cidade da Beira. O evento espera contar com a participação de dezenas de atletas praticantes da modalidade de golfe na cidade da Beira, entre cidadãos nacionais e estrangeieros de ambos os sexos. Já é uma prática tradicional o Clube de Golfe da Beira promover torneios especiais para celebrar o dia de aniversário da cidade da Beira. O evento constituirá mais um atractivo às festividades do 20 de Agosto, dia da Beira, em que este ano a urbe celebra o 110 anos da sua eleva- ção à actual categoria de cidade. O Clube de Golfe da Beira, um dos melhores estruturados ao nível do país, representa neste momento a maior agremiação promotora da modalidade de golfe a escala nacional. Refira-se que o Clube de Golfe da Beira, fundado em 1907, tem a mesma idade da cidade da Beira: 110 anos. É uma das agremiações desportivas mais antigas não só da cidade da Beira, como também do país no seu todo.■ (Chabane Falume)"
FONTE: O AUTARCA, JORNAL DE MOÇAMBIQUE.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

CARLOS MESQUITA, MINISTRO DOS TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES DE MOÇAMBIQUE, CONFERE POSSE AOS ADMINISTRADORES DA EMODRAGA, RESPECTIVAMENTE ROGERIO SIMANGO E ARÃO MASSINGUERELA, CERIMÓNIA REALIZADA NA CIDADE DA BEIRA

Ministro Carlos Mesquita confere posse aos Administradores da Emodraga-EP - Trata-se de Rogério Simango, Administrador do Pelouro de Manutenção (Reconduzido) e Arão Massinguerela, Administrador da Área de Produção, nomeado em substituição de Simões Francisco Beira (O Autarca) – O Ministro dos Transportes e Comunicações, Carlos Mesquita, conferiu posse na manhã da última sexta-feira (11), na cidade da Beira, a dois Administradores da Empresa Pública Moçambicana de Dragragens (EMODRAGA-EP), recentemente nomeados para aquelas fun- ções de gestão. Trata-se de Rogério Simango, Administrador do Pelouro de Manuten- ção, que foi recentemente reconduzido para o cargo, premeando o seu bom desempenho no mandato anterior, e Arão O Ministro Carlos Mesquita (no meio) ladeado pelos Administradores empossados. Rogério Simango (a esquerda) e Arão Massinguerela (a direita) numa posteridade de família
As mulheres da Emodraga-EP tiveram protagonismo na cerimónia de tomada de posse dos Administradores da empresa, tendo os homenageado juntamente com o respectivo PCA, Domingos da Conceição Bié (no meio), promovendo o ritual do uso da capulana como simbolo de poder no universo do género empresa ora nomeado para Administrador do Pelouro de Produção em substituição de Simões Francisco, que não foi para além de um mandato na posição. Com a nomeação e tomada de posse dos dois Administradores, fica completo o quadro do Conselho de Administração (CA) da EMODRAGAEP, recordando-se que o respectivo PCA, Domingos da Conceição Bié, foi recentemente nomeado pelo Conselho de Ministros e conferido posse pelo Primeiro-Ministro Carlos Agostinho do Rosário, em Maputo. Refira-se que Domingos da Conceição Bié, um quadro de confiança do Governo que veio de fora da empresa substituiu Tayob Adamo, que não podia mais renovar depois de cumprir o limite de três mandatos a frente dos destinos da EMODRAGA-EP. No seu discurso após conferir posse aos dois Administradores, o Ministro dos Transportes e Comunica- ções, Carlos Mesquita, explicou aos presentes que o processo de nomeação do novo Conselho de Administração é consequência do término do mandato do CA anterior. Referindo-se aos empossados, Carlos Mesquita explicou que os cargos para os quais foram nomeados e empossados é uma responsabilidade de Direcção, de Liderança e acima de tudo de saber trabalhar em equipe. “É uma responsabilidade de saber trabalhar com todos os trabalhadores da empresa e todos outros actores que de uma forma ou de outra tem uma rela- ção directa para o bom desempenho da Empresa de Dragagens de Moçambique. Ao Administrador que cessou, o Ministro transmitiu agradecimentos por todo trabalho que desenvolveu, os ensinamentos que foi deixando e desejou para que, com toda humildade, continue a dar o seu melhor para os desafios que existem para o presenmte e o futuro da EMODRAGA-EP e de todo o sector de Transportes e Comunicações. “Este é um programa de sucessão que não deve acarrectar problemas de indolo de desentendimento, pois o dia de amanhã não sabemos e quando chegar o nosso dia de sair também temos que sair com a tranquilidade necessária porque não somos eternos e este é o ciclo da vida” – apelou o Ministro Carlos Mesquita.■ (Chabane Falume) "
FONTE: O AUTARCA, JORNAL DE MOÇAMBIQUE.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

ALEMANHA E MOÇAMBIQUE: ALEMANHA APOIA EDM NA MODERNIZAÇÃO DA REDE ELECTRICA EM MOÇAMBIQUE

"Alemanha apoia programa de modernização da rede elétrica em Moçambique Maputo (O Autarca) – Mo- çambique e Alemanha assinaram um acordo, em Maputo, ao abrigo do qual aquele país europeu vai desembolsar cerca de 15 milhões de euros para a operacionalização do Projecto de Modernização da Rede Elétrica Fase II. O projecto, que deverá arrancar nos próximos seis meses, liga o parque industrial de Beleluane, as á- reas residenciais próximas, na Matola, província meridional de Maputo. Rubricaram o acordo, a viceministra os Negócios Estrangeiros e Cooperação, Nyeleti Mondlane, em representação do governo moçambicano, e o Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da Alemanha, acreditado em Moçambique, Detlev Wolter. Falando minutos após a assinatura do acordo, Nyeleti Mondlane explicou que a energia constitui um dos pilares estratégicos eleitos pelo Executivo, pelo papel que desempenha na transformação económica, bem como na inclusão social dos moçambicanos. Além de concorrer para a expansão do acesso à energia e alavancar as actividades económicas, o acordo, segundo a ministra, deverá reduzir as “assimetrias no desenvolvimento entre as zonas rurais e urbanas”. Frisou que o valor deverá tornar a rede eléctrica “cada vez mais robusta” e, com isso, ter capacidade para atender às necessidades crescentes, considerando os desafios da diversificação económica do país. Por seu turno, Wolter explicou que o projecto prevê a construção de uma nova subestação de 66/33 Kilovolts, e de novas redes de baixa tensão (33 Kilovolts), no parque industrial. O projecto, de acordo com o diplomata alemão, vai permitir a conexão do parque com a rede eléctrica da Electricidade de Moçambique (EDM). “O projecto assumirá uma importância estratégica no desenvolvimento económico de Moçambique no futuro”, disse o diplomata alemão Detlev Wolter, para depois acrescentar que vai impulsionar o ambiente de negócios, bem como a criação de emprego na província de Maputo.■ (Redacção):"
FONTE: O AUTARCA JORNAL DE MOÇAMBIQUE.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

JOÃO FIGUEIREDO ELEITO PCA DO MOZABANCO

Moza Banco assume novo posicionamento no mercado João Figueiredo, o novo PCA do Moza Banco indicado pelos accionistas bique Capitais (10%) e Novo Banco (10%), deram um claro sinal de confiança na equipa de gestão liderada por Figueiredo, assim como renovaram o seu compromisso de dotarem o Moza com a capacidade necessária para instituição ocupar um papel de maior relevo no panorama do Sistema Financeiro Nacional. Refira-se que com a injecção de capital por parte do novo accionista - a Kuhanha, o Moza tornou-se a instituição financeira melhor capitalizada do mercado, com capital social de dez mil duzentos e noventa e nove milhões e duzentos mil Meticais, cerca de seis vezes acima do novo mínimo imposto pelo Banco Central aos bancos comerciais, fixado em mil e duzentos milhões de Meticais.■ (Redacção) Maputo (O Autarca) – Os accionistas do Moza Banco reunidos em Assembleia Geral Extraordinária, realizada na passada sexta-feira, dia 28 de julho corrente, aprovaram os novos órgãos sociais, que tem como Presidente do Conselho de Administração Executivo, João Figueiredo, assim como um novo plano estratégico de actuação no Mercado. A agenda de trabalhos da Assembleia Geral incluiu também o informe sobre o processo de aumento de capital social aprovado da última reunião da Assembleia Geral; a ratificação da contratação da empresa de auditoria externa para o exercício de 2016; deliberação sobre a contratação da empresa de auditoria externa para o exercício de 2017; apreciação e deliberação relativa ao Relatório e Contas do último exercício; entre outros pontos. O evento marca assim o fim da intervenção do Banco de Moçambique naquela instituição financeira, operada em finais de setembro do ano transacto, encerrando assim um período de cerca de oito meses de alguma incerteza quanto ao futuro da instituição. Em mensagem dirigida aos colaboradores o PCA Executivo do Moza anunciou o início de um novo ciclo, no qual o banco se encontra melhor preparado para enfrentar os desafios do futuro. “Hoje, com o término da interven- ção do Banco de Moçambique, podemos com firmeza anunciar o fim de um ciclo do nosso banco, dando por encerrado o capítulo do saneamento e reequilíbrio da estrutura financeira e patrimonial. Assim, é com toda a clareza que podemos dizer que terminamos esta fase com pleno sucesso. O Banco Moza é hoje uma Instituição capitalizada, estruturalmente sólida, cumpridora dos rácios prudenciais regulamentares, e segura para os seus depositantes”. De acordo com o PCA do Moza, a instituição vai manter a sua essência enquanto Banco Universal, orientado na oferta de um serviço diferenciado e de qualidade excepcional, através da oferta de produtos e serviços ajustada as necessidades específicas de cada cliente, com particular enfoque nas micro, pequenas e médias empresas, assim como nos clientes particulares. "
FONTE. JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

ACB ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DA BEIRA NOVA DIRECÇÃO TOMOU POSSE PERANTE ILUSTRES CONVIDADOS E ASSOCIADOS

"Nova Direcção da ACB tomou posse ontem a noite no Sena Hotel Bussiness & SPA Jorge Fernandes, novo Presidente da Associação Comercial da Beira, no acto de leitura do termo de tomada de posse Mário da Cruz de Amaral, Primeiro VicePresidente da ACB, procedendo a entrega Do termo de posse ao Pressidente da Assembleia-Geral, Prakash Prehlad Prakash Prehlad (a direita) ex-Pressidente da ACB testemunhando a assinatura do Livro de tomada de posse pelo seu sucessor Jorge Augusto Fernandes Félix Machado, Segundo Vice-Presidente da ACB, assinando o termo de tomada de posse Beira (O Autarca) – Tomaram posse na noite desta quarta-feira (26), no Sena Hotel Bussiness & SPA, os novos titulares dos órgãos sociais da Associação Comercial da Beira, nomeadamente a Presidência liderada por Jorge Fernandes e os dois vices-presidentes respectivamente Mário da Cruz Amaral e Félix Machado, os membros da Mesa da Assembleia Geral, do Conselho Fiscal e do Conselho de direcção. A cerimónia foi marcada pela presença do Presidente do Conselho Municipal da Beira, Daviz Simango, do Director Provincial da Economia e Finanças, Lénio Mendonça, em representação da Governadora Maria Helena Taipo, e da comunidade empresarial que actua na cidade da Beira. Os empossados foram eleitos na última assembleia-geral da ACB, realizada a 21 de julho corrente."
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

PAZ EM MOÇAMBIQUE: "PR MOÇAMBICANO DIZ QUE PRÓXIMOS DIAS SERÃO DECISIVOS NAS NEGOCIAÇÕES DE PAZ"

PR moçambicano diz que próximos dias serão decisivos nas negociações de paz

Maputo - O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, disse quinta-feira que os próximos dias serão decisivos no diálogo de paz com a Renamo, considerando que as conversações com o maior partido de oposição "não tem sido tarefa fácil.
"Os próximos dias serão decisivos para todos nós", declarou o chefe de Estado moçambicano, sem avançar detalhes sobre o ponto de situação das negociações de paz com a Resistência Nacional Moçambicana (Renamo)."
FONTE: LUSA EM MOÇAMBIQUE

terça-feira, 25 de julho de 2017

BANCO MUNDIAL APOIA MOÇAMBIQUE EM 1.2 MIL MILHÕES DE DÓLARES

BANCO MUNDIAL APOIA MOÇAMBIQUE EM 1.2 MIL MILHÕES DE DÓLARES

Maputo - O diretor-executivo do Banco Mundial Andrew Mbumbe anunciou segunda-feira, em Maputo, que a instituição vai desembolsar nos próximos três anos 1,2 mil milhões de dólares para Moçambique, destinados ao financiamento da agricultura, saúde, educação e infraestruturas.
"O envelope financeiro para Moçambique para os próximos três anos é estimado em 1,2 mil milhões de dólares", afirmou o zimbabueano Andrew Mvumbe, durante uma conferência de imprensa que marcou o início da sua visita de dois dias ao país."
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE

BANCO MUNDIAL DIZ QUE ECONOMIA MOÇAMBICANA MOSTRA SINAIS POSITIVOS

pub.
BOLETIM MOÇAMBIQUE
Terça, 25 de Julho
33 notícias • 15289 caracteres
Mensagem truncada? Leia no browser
   MOÇAMBIQUE

Banco Mundial diz que economia moçambicana mostra sinais positivos
Maputo - O diretor-executivo do Banco Mundial (BM), Andrew Mvumbe, disse segunda-feira em Maputo que a economia moçambicana começa a mostrar sinais positivos, mas o país deve apostar na consolidação fiscal para tornar o crescimento sustentável.
Em conferência de imprensa, que marcou o início da sua visita de dois dias a Moçambique, Andrew Mvumbe disse que o Produto Interno Bruto (PIB) de Moçambique poderá crescer 4,5%, depois de ter tido em 2016 o desempenho mais baixo dos últimos anos, quedando-se nos 3,7%.
FONTE: LUSA MOÇAMBIQUE.

CARLOS MESQUITA MINISTRO DOS TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES DE MOÇAMBIQUE RECEBE MINISTROS DOS TRANSPORTES DA SADC REUNEM ESTA QUARTA- FEIRA, 26 DE JULHO NA CIDADE DA BEIRA, PROVINCIA DE SOFALA

Beira hospeda reunião da SADC sobre corredores de desenvolvimento Beira (O Autarca) – A cidade portuária da Beira é palco, nesta quarta-feira (26), da reunião dos ministros dos transportes da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) responsáveis pelos corredores de desenvolvimento da Beira e Norte– Sul. Segundo um comunicado do ministério moçambicano dos Transportes e Comunicações, citado pela AIM, o encontro enquadra-se nos esforços dos governos atravessados e beneficiá- rios desses corredores para a dinamização e maximização da exploração do potencial instalado. No encontro serão abordados Carlos Mesquita, Ministro dos Transportes e Comunicações de Moçambique será o responsável anfitrião da reunião de amanhã aspectos de planeamento e desenvolvimento de infra-estruturas estratégicas de qualidade necessárias para viabilizar os volumes de tráfego de mercadorias e passageiros em crescimento nos referidos corredores. Antecedida por encontro das equipes técnicas, que decorre desde esta segunda-feira até hoje (25), a reunião de ministros vai juntar à mesma mesa os ministros dos transportes de Mo- çambique, África do Sul, República Democrática do Congo, Malawi, Zâmbia, Zimbabwe, e Botswana, devendo a reunião culminar com a aprovação e assinatura de dois Memorandos de Entendimento sobre os Corredores de Desenvolvimento da Beira e Norte – Sucoordenação de esforços para a promo- ção e mobilização de financiamentos de projectos de infra-estruturas, bem como a criação de cadeias de valor ao longo do Corredor. Sobre o Corredor Norte – Sul, os Ministros vão acordar a criação de uma unidade gestora para a promoção e coordenação de diversas iniciativas deste corredor, com o objectivo de desenvolver infra-estruturas fronteiriças, rodoviárias, ferroviárias e portuárias adequadas, fiáveis, eficientes, rentáveis e ininterruptas, com sistemas de comunicação, de abastecimento de água e de saneamento, de energia e marítimos para facilitar a circulação eficiente de bens e serviços, nos países atravessados pelo corredor. O Corredor Norte – Sul é uma iniciativa da SADC que pretende dinaO Porto da Beira é a principal infra-estrutura que forma o Corredor de Desenvolvimento da Beira que beneficia Moçambique e os países do Interland té o interior da República Democrática do Congo, abrangendo Moçambique, Zimbabwe Botswana, Malawi, Zâmbia, e Tanzânia.■ (Redacção/ África 21)"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE


segunda-feira, 24 de julho de 2017

MOÇAMBIQUE - TERRITÓRIO E HISTÓRIA, CONSULADO GERAL DE PORTUGAL NA BEIRA E ACADEMIA PORTUGUESA DA HISTÓRIA, CICLO DE CONFERÊNCIAS, 29 E 30 DE SETEMBRO, PROFESSORA DOUTORA MANUELA MENDONÇA E PRESIDENTE DA ACADEMIA PORTUGUESA DA HISTÓRIA

                                CONSULADO GERAL DE PORTUGAL NA BEIRA
                                                                         E
                                       ACADEMIA PORTUGUESA DA HISTÓRIA
                                                    CICLO DE CONFERÊNCIAS
                                                         29 E 30 DE SETEMBRO
                                   
                                         MOÇAMBIQUE - TERRITÓRIO E HISTÓRIA

                                     PROFESSORA DOUTORA MANUELA MENDONÇA
                           PRESIDENTE DA ACADEMIA PORTUGUESA DA HISTÓRIA

I - ARTUR DE SACADURA FREIRE CABRAL: UMA DÉCADA AO SERVIÇO DE MOÇAMBIQUE (1901  - 1910)

II - A CIDADE DA BEIRA NO DIÁRIO DA VIAGEM DE CIRCUM - NAVEGAÇÃO DO CRUZADOR SÃO GABRIEL, EM 1909

                                       PROFESSORA DOUTORA MARIA DE FÁTIMA REIS
                        SECRETÁRIA - GERAL DA ACADEMIA PORTUGUESA DA HISTÓRIA

I - MOÇAMBIQUE: UMA HIPÓTESE DE FIXAÇÃO JUDAICA NO ALÉM - MAR PORTUGUÊS NO FINAL DA MONARQUIA

II - DE LISBOA A MOÇAMBIQUE: MOVIMENTOS MIGRATÓRIOS OITOCENTISTAS

MONTEBELO GIRASSOL HOTEL DO GRUPO VISABEIRA DE MAPUTO MOÇAMBIQUE, RECEBE PRÉMIO DE EXCÊNCIA 2017 DO TRIPADVISOR

Montebelo Girassol Maputo Hotel recebe Prémio de Excelência 2017 do TripAdvisor Maputo (O Autarca) – O TripAdvisor distinguiu o Montebelo Girassol Maputo Hotel com o prestigiado Prémio de Excelência 2017, atribuído com base nas avaliações dos hóspedes. A qualidade das avaliações dos clientes que escolhem esta unidade da cadeia Montebelo foi determinante para a conquista deste galardão, que se sucede à nota de 9/10 atribuída pela Booking - Guest Review Award, baseada igualmente nas votações atribuí- das pelos hóspedes que usam a plataforma. Distinções que traduzem o esforço e dedicação de toda a equipa do Montebelo Girassol Maputo Hotel na continuidade do acolhimento de referência a que habituou os seus clientes. Ao longo do ano foram sendo destacados pelos hóspedes a qualidade do restaurante, a vista panorâmica, o espaço dos quartos e o staff atencioso, entre outras características diferenciadoras desta unidade. Para que lhes seja atribuído o Prémio Excelência do TripAdvisor, os hotéis têm de manter uma classificação geral nesta plataforma de 4 em 5, no mínimo, ter avaliações consecutivas e figurar há pelo menos 12 meses. Nas palavras de César Silva, Director Geral da unidade hoteleira, “é com muito orgulho que somos reconhecidos pelas avaliações dos hóspedes, a quem devemos este prémio, e que representa mais um incentivo para continuarmos a trabalhar no sentido de servir cada vez melhor quem nos visita”.■ "
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

JORGE FERNANDES NOVO PRESIDENTE DA ACB ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DA BEIRA

Jorge Fernandes confirmado novo Presidente da Associação Comercial da Beira – ACB Beira (O Autarca) – Tal como já vinhamos vaticinando, o empresário Jorge Augusto Fernandes foi confirmado na noite da última sexta-feira (21), novo Presidente da Associação Comercial da Beira (ACB). Jorge Fernandes que sucede Prakash Prehlad que cumpriu integralmente os dois mandatos que constituem o limite imposto pelos estatutos da ACB, foi conduzido ao cargo num processo democrático, que foi a agenda principal da última assembleia-geral da Associação Comercial da Beira. Concorrendo sozinho a frente da única lista “A”, Jorge Fernandes recebeu 90 votos do universo de 91 membros presentes. O novo governo da ACB presidido por Jorge Fernandes integra dezanove membros, incluindo três mulheres. A presidência conta com dois vicepresidentes, nomeadamente Mário da Cruz de Amaral (1º Vice-Presidente) e Félix Machado (2º Vice-Presidente). O anterior Presidente, Prakash Prehlad, é agora o Presidente da Assembleia-Geral, órgão que conta com um Vice-Presidente, nomeadamente Gabriel de Oliveira. A composição da direcção da ACB compreende quatro órgãos, nomeadamente (i) Presidência; (ii) Assembleia-Geral – que além do Presidente e Vice-Presidente integra ainda dois secretários, respectivamente Alexandre Baltazar e Miguel de Jenga; (iii) Conselho Fiscal – que passa a ser presidido por uma mulher, Ana Maria Fernandes, e tem outros quatro elementos, nomeadamente um Relator (Luís Filipe Tadeu Fernandes), um Vogal (Ramiro da Silva) e dois suplentes (Alberto Mutende e Sadique Osmane I. Camissá); e (iv) Conselho Director representado por sete membros, designadamente Sicandar Esmail, Ebraim Umarji, Filomena Rodriguês, Isabel Castro Filipe de Araújo, Harishkumar Naunitlal, Joaquim de Vasconcelos e José Sousa. Importa salientar que apenas os três membros que compõem a presidência da ACB, designadamente Jorge Fernandes (Presidente), Mário da Cruz de Amaral (1º Vice-Presidente) e Félix Machado (2º Vice-Presidente) foram eleitos na qualidade de personalidades individuais, enquanto os restantes elementos foram eleitos em representação das respectivas empresas associadas. Os novos titulares dos órgãos socais da Associação Comercial da Beira tomam posse numa cerimónia a realizar-se na próxima quarta-feira (26).■ (Chabane Falume)"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.