sexta-feira, 5 de junho de 2020

ECLIPSE LUNAR PENUMBRAL VISTO A PARTIR DE MOÇAMBIQUE ENTRE AS 19H 45M E AS 23H04M

"País observa hoje eclipse lunar Beira (O Autarca) – O mundo regista hoje a ocorrência do segundo eclipse lunar penumbral em 2020, depois do primeiro registado a 10 de Janeiro. Segundo o INAM, Instituto Nacional de Meteorologia, o eclipse lunar penumbral de hoje terá a duração de 4 horas e 5 minutos, no intervalo entre as 19:45h e 23:04h e sera visível em todo território moçambicano e na parte Sul e Oeste da Europa, grande parte da África, grande parte da América do Norte, América do Sul, Oceano Pacífico, Atlântico, Índico e Antártica. O ponto máximo será as 21:10h.■"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

quinta-feira, 4 de junho de 2020

COVID- 19: LIDERES MUNDIAIS PROCURAM HOJE 7,4 BILIÕES DE DÓLARES: CIMEIRA VIRTUAL GLOBAL DE VACINAS LONDRES 2020, ORGANIZADA PELO PRIMEIRO MINISTRO DO REINO UNIDO BORIS JOHNSON, PRESIDENTE DA VREPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE FILIPE JACINTO NYUSI , PARTICIPA!

"Covid-19: Líderes mundiais procuram hoje 7.4 biliões de dólares para ajudar a GAVI do o Primeiro-Ministro indiano afirmado que o seu país continuará a apoiar Moçambique em medicamentos e equipamento, no âmbito da luta contra a COVID-19. Falámos igualmente da situação de segurança de forma global e em particular dos ataques terroristas na província de Cabo Delgado. O Primeiro-Ministro da Índia manifestou solidariedade com o povo moçambicano. Reiterámos o interesse comum de cooperar nas áreas da agricultura, agro-processamento, infra-estruturas, energia, saúde e nas trocas comerciais. Manifestei o interesse de Moçambique em ver as empresas indianas concessionárias da Área 1 do projecto de gás natural liquefeito da Bacia do Rovuma a continuarem empenhadas e Maputo (O Autarca) – O Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, participa esta quinta-feira (04JUN20), na Cimeira Virtual Global de Vacinas Londres 2020. trata-se de evento organizado pelo Primeiro-Ministro do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, Boris Johnson, que reune líderes de todo o mundo, numa plataforma virtual que pretende arrecadar cerca de 7.4 biliões de dólares norte-americanos, para ajudar a GAVI a salvar até 8 milhões de vidas nos próximos cinco anos. A Gavi é uma parceria de sujeitos públicos e privados, com o objectivo de salvar vidas de crianças e proteger a saúde da população, melhorando o acesso à imunização em países pobres. Ontem, entretanto, o Presidente Filipe Nyusi manteve uma conversa telefónica com o Primeiro-Ministro da Índia, Narendra Modi, na qual para além de abordarem aspectos relacionados com as relações de cooperação, falaram com prioridade sobre o combate da covid-19. Sobre a conversa com Narendra Modi, Filipe Nyusi postou o seguinte na sua página do facebook: “Mantive hoje (ontem) contacto telefónico com o Primeiro-Ministro Narendra Modi, da Índia, em que, para além de discutir longamente os aspectos relacionados com as nossas relações de cooperação, falámos com prioridade sobre o combate à COVID-19. Usei a oportunidade para agradecer o apoio em medicamentos que a Índia providenciou ao nosso país, tenFoto de Arquivo, referente a última visita a Moçambique do Primeiro-Ministro da Índia, Narendra Modi, em Julho de 2016 a viabilizar os investimentos. O Primeiro-Ministro Modi felicitou a segurança moçambicana pelo facto de, em muito pouco tempo, ter devolvido ao convívio normal o cidadão de origem indiana que tinha sido raptado em Maputo”.■"FONTE : JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

quarta-feira, 3 de junho de 2020

EMODRAGA CONTRIBUI PARA O CRESCIMENTO DE NEGÓCIOS MATIMOS NA BEIRA, ENALTECE OS CFM.

"CFM enaltece contributo da EMODRAGA-EP para o crescimento de negócios marítimos no Corredor da Beira Uma draga da EMODRAGA-EP em plena actividade no canal de acesso ao Porto da Beira Beira (O Autarca) – O Porto da Beira está a registar recordes relativamente a atracagem de navios de grande calado e capacidade (tonelagem). O mais recente navio “gigante” que escalou o Porto da Beira é o MSC Gina, com 260 metros de cumprimento e uma capacidade de 4.056 TEU´s. A Empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique – CFM-EP, dona do Porto da Beira, anota que a esde mercadorias no Corredor da Beira, o que irá contribuir para o crescimento e desenvolvimento dos negócios marítimos nesta região de África. O CFM destaca que o actual cenário que caracteriza o Porto da Beira é “graças aos trabalhos de dragagem que a Empresa EMODRAGA tem realizado”, em coordenação com o CFM. O enaltecimento do desempenho da EMODRAGA-EP consta de um comunicado emitido pelo CFM-EP que clarifica o estado actual do Porto da Beira, na sequência de um navio que registou avaria à saída do canal de acesso do Porto da Beira. Trata-se do navio de grande tado CFM, só poderá ocorrer quando a maré subir, facto que se prevê ocorra a partir de hoje, quarta-feira (03JUN20). O comunicado do CFM salienta, entretanto, que pelo facto do navio se encontrar a 145 metros do canal de acesso ao Porto da Beira, não constitui nenhum obstáculo para os movimentos de entrada e saídas de outros navios para este Porto. “O Porto da Beira está a operar normalmente, 24 horas/dia” – esclarece o CFM. A EMODRAGA-EP é a empresa responsável por assegurar a eficiente navegabilidade do Porto da Beira, através da realização de trabalhos regulares de manutenção e melhoria do canal de acesso.■ (Chabane Falume) manho denominado MINNA, com 220 metros de comprimento e 11,5 metros de calado, que teve problemas de “governo do leme” na curva do Macúti, tendo causado o seu afastado da rota e encalhado a 145 metros do canal de acesso ao Porto da Beira. A avaria Registou-se ao entardecer do dia 26 de Maio último, quando o navio deixava o Porto da Beira depois de cumprir com sucesso o descarregamento da mercadoria que transportava. Devido a pouca profundidade do local onde o navio foi encalhar, muito fora do canal de acesso ao Porto da Beira, associado às marés baixas, o processo de reflutuação do navio com assistência de rebocadores portuários"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

quarta-feira, 27 de maio de 2020

ISAURA FERRÃO NYUSI, PRIMEIRA DAMA DE MOÇAMBIQUE LANÇA: JUNTOS VENCEREMOS A COVID 19

"Isaura Nyusi lança Movimento

“Juntos Venceremos a Covid-19”

"Isaura Nyusi quando procedia olançamento do Movimento “Juntos Venceremos a Covid-19”
Maputo (O Autarca) – A Esposa do Presidente da República, Isaura Ferrão Nyusi, lançou, ontem, em Maputo, o Movimento“Juntos Venceremos a Covid-19”, cujo objecto assenta em cinco pilares, no-
pirito de solidarieda envolve o próprio Gabinete da Esposa do Presidente da República, em coorde-
nação com o Minisério da Saúde e os parceiros BCI, Banco UBA, EIKO, Freguesia Vilela Pare-
des – Porto, Snipermeadamente (i)- Reforçar a disseminação massiva e inclusiva das medidas
preventivas por meio de todas as plataformas de comunicação social, com
especial enfoque para as zonas mais longínquas; (ii)- Angariar produtos alimentares para garantir a cesta básica para as comunidades desfavorecidas;(iii)- Angariar material hospitalar e e-
quipamento de protecção pessoal para os profissionais da linha da frente de
resposta à covid-19 e comunidades em risco; (iv)- Intensificar a vigilância es-
truturada para garantir a mitigação de casos de violência baseada no género e casamentos precoces; e (v)- Proteger a saúde e o bem-estar geral da criança,mulher, idoso e pessoa com deficiên-
cia.A iniciativa que resulta do es-Marketing e a TES-TOP Lda.“Quero em meu nome próprio
e do Gabinete da Esposa do Presidente a República convidar o empresariado
nacional e internacional, as Organizações Governamentais e Não- Governa-mentais e pessoas de boa-fé a se junta-rem a este movimento, doando bens de diversa ordem a favor das camadas ne-
cessitadas vivendo em situação de vulnerabilidade, bem como as instituições
que se encontram na linha da frente no combate a esta pandemia. É nosso desejo, que com esta iniciativa que se junta a outras já em curso, possamos engajar cada vez mais os moçambica-
nos na luta e comprometimento contra esta pandemia. Vamos todos acreditar,
vamos todos fazer a nossa parte, pois,só unidos venceremos a covid-19”.■"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE

segunda-feira, 25 de maio de 2020

BCI - BANCO COMERCIAL E DE INVESTIMENTOS E ONU/MULHERES MOÇAMBIQUE JUNTOS NA PROMOÇÃO DA IGUALDADE DE GÉNERO

"BCI e a ONU Mulheres juntos na promoção da igualdade de género Maputo (O Autarca) – O Banco Comercial e de Investimentos (BCI) e a ONU Mulheres Moçambique assinaram há dias, em Maputo, um memorando de entendimento que preconiza a promoção do género e o empoderamento das Mulheres em Moçambique. Os termos foram rubricados pelos representantes da ONU Mulheres Moçambique e do BCI, Marie Laetitia Kayisire e Rogério Lam, respectivemente. Com base neste acordo, as duas instituições passam a cooperar para promover a eliminação da violência contra as mulheres e raparigas; a implementação pelo sector financeiro dos princípios de empoderamento das Mulheres (WEPs); e o acesso das mulheres e jovens aos serviços financeiros inovadores, entre as quais as linhas de crédito preferencial, seguro para agricultura, agro-processamento, pecuária e actividades não-agrícolas. O memorando vai contribuir para o Programa Nacional de Empoderamento Económico da Mulher – PROMULHER, lançado em agosto do ano passado em conjunto com o Ministério do Género, Criança e Acção Social, com vista a promover e desenvolver o empreendedorismo, trabalho formal, e auto-emprego para mulheres e raparigas. Concordaram, igualmente, em trabalhar conjuntamente na organiza-ção de eventos com relevância para a promoção da igualdade de género e liderança das mulheres e raparigas, assim sim como o acesso aos serviços financeiros, em linha com os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da agenda 2030 e da União Africana 2063. Refira-se que a ONU Mulheres é a entidade das Nações Unidas para Igualdade de Género e o Empoderamento das Mulheres, que reconhece a importância de colaborar e cooperar com parceiros para o alcance dos seus objectivos estratégicos. O BCI, por seu turno, com o seu vasto histórico de responsabilidade social corporativa no país, entre outras acções, apoia de forma consistente iniciativas de igualdade de género e empoderamento das mulheres, alinhando-se ao princípio de ‘não deixar Ninguém para Trás’, e de assegurar que as “mulheres, especialmente as mais pobres e mais excluídas, sejam economicamente empoderadas e beneficiem do desenvolvimento”.■ "
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE

domingo, 24 de maio de 2020

FELIZ EID al-FITR - EID MUBARAK

"Feliz Eid al-Fitr Beira (O Autarca) – Celebra-se neste domingo (24Maio20) o Eid al-Fitr (árabe: رѧѧѧѧѧالفط دѧѧѧѧѧعی ,(uma comemoração muçulmana que marca o fim do jejum do Ramadã. Eid al-Fitr significa literalmente "Celebração do fim do jejum". Celebra-se no primeiro dia do mês de Shawwal, o décimo mês do calendário islâmico. Em algumas sociedades muçulmanas esta celebração é também conhecida como a "Doce Celebração" ou a "Pequena Celebração". O Eid religioso é um só dia, mas ele é muitas vezes celebrado por 3 dias. O primeiro Eid al-Fitr foi celebrado em 624 pelo profeta Maomé e os seus familiares e amigos em regozijo pela vitória na Batalha de Badr. O Eid al-Fitr normalmente representa um festival assinalado com uma oração comunal a meio da manhã, geralmente realizada em praças ou recintos de feiras, uma vez que as mesquitas não possuem espaço para tantas pessoas. Antes da oração se iniciar a congregação recita o Takbir, uma prece que glorifica a grandeza de Deus. Depois da oração segue-se um sermão (khutba) e uma oração especial que pede perdão e ajuda a todos os muçulmanos do mundo. É tradição a realização de um grande almoço (o primeiro almoço que os muçulmanos tomam após o jejum diurno de um mês), geralmente na casa de um parente mais velho. As crianças recebem prendas, que podem ser novas roupas ou dinheio. Entretanto, este ano a celebração do Eid al-Fitr tem a particularidade de ser diferente, devido as restrições impostas na sequência da pandemia covid-19, que não permite a concentração de pessoas para a prevenção da doença. É certamente um momento difícil e os muçulmanos tem plena consciência disso. Todavia, cada membro da comunidade muçulmana é chamado a orientar a celebração em ambiente restrito, e tendo em conta que a festa ocorre num momento difícil a ordem do dia é conduzir as orações pedindo à Deus protecção e benção para o universo superar rapidamente a pandemia do covid-19. À todos membros da comunidade muçulmana, O Autarca deseja Feliz Eid al-Fitr.■ (Redacção)"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

domingo, 17 de maio de 2020

BANCO BCI BANCO COMERCIAL E DE INVESTIMENTOS CRIA FACILIDADES DE CRÉDITO


"Enquadrado no conjunto de medidas de apoio às empresas afectadas pelo novo Coronavírus, o BCI disponibilizou na sua página da Internet, na quinta-feira passada, uma nova funcionalidade que permite aos clientes do segmento de empresas manifestar o seu interesse ou aceder às facilidades de crédito, online. Esta medida, que promove o uso dos canais electrónicos como um contributo para o distanciamento social, recomendado pelas autoBCI alivia prestações de créditos ridades sanitárias, faz parte dos esforços levados a cabo pelo Banco para a mitigação dos efeitos da Covid-19. Para a submissão de pedidos de moratória nos financiamentos de médio e longo prazo ou de renovação de limites de crédito, as empresas abrangidas encontram no website do Banco (www.bci.co.mz) as opções que lhes permitem ter acesso aos formulários que uma vez preenchidos são submetidos aos gestores, os quais contactam ulteriormente os interessados, para dar seguimento ao pedido. Recorde-se que o BCI definiu, no início do mês de abril, medidas orientadas aos clientes com financiamento em curso, em situação regular, e que apresentem dificuldades no pagamento das prestações devido aos impactos da pandemia do novo Coronavírus, nomeadamente uma moratória, até ao mês de setembro, no reembolso de capital e/ou no pagamento de juros e de renovação de limites dpital e/ou no pagamento de juros e de renovação de limites de crédito já aprovados e em curso."
FONTE: JORNAL SAVANA DE MOÇAMBIQUE