terça-feira, 19 de junho de 2018

TAXA DE JURO EM MOÇAMBIQUE É DE 15,75% BANCO DE MOÇAMBIQUE REDUZIU TAXA DE JURO DE POLITICA MONETÁRIA

"Banco de Moçambique reduz taxa de juro de política monetária em 75 pontos base, para 15,75% Maputo (O Autarca) – O Comité de Política Monetária (CPMO) do Banco de Moçambique, reunido ontem, segunda-feira (18), decidiu reduzir a taxa de juro de política monetária, taxa MIMO, em 75 pontos base, para 15,75%. Segundo indica uma nota do Banco de Moçambique recebida na nossa Redacção, adicionalmente o CPMO manteve a taxa da Facilidade Permanente de Cedência (FPC) em 18,00% assim como os coeficientes de Reservas Obrigatórias (RO) para os passivos em moeda nacional em 14,00% e em moeda estrangeira em 22,00%, tendo reduzido a taxa da Facilidade Permanente de Depósitos (FPD) em 50 pontos base para 12,00 %. O Banco Central explica em sua nota que a manutenção da estabilidade da inflação e das projecções de médio prazo que continuam a apontar para um nível em torno de um dígito, permite que o CPMO prossiga com o ciclo de redução das taxas de juro, iniciado em Abril de 2017. Informação referente a Maio de 2018 indica que a inflação, medida pela variação do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de Moçambique, permanece baixa e estável, ao fixar-se em 3,26%, após 2,33% em Abril e perante 20,45% em Maio de 2017. O ajustamento em alta dos preços dos transportes e dos combustíveis líquidos determinou a variação registada no mês em referência que foi de 0,53%.■ (Redacção)"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

quinta-feira, 14 de junho de 2018

MOÇAMBIQUE AEP ASSOCIAÇAO EMPRESARIAL DE PORTUGAL PROMOVE MISSÃO EMPRESARIAL A MOÇAMBIQUE DE 1 A 6 DE JULHO, CUSTOS TEM APOIO FINANCEIRO.

Maputo, 1 a 6 de Julho
Financiamento PORTUGAL 2020 | COMPETE 2020 a 50%
Missão Empresarial Moçambique 2018
Por ocasião da realização da cimeira bilateral Portugal-Moçambique, que reunirá diversaas figuras dos governos de ambos os países, a AEP - Associação Empresarial de Portugal, vai organizar, de 1 a 6 de julho, uma Missão Empresarial a Moçambique.
Moçambique tem uma dimensão estimada de 28,8 milhões de habitantes, sendo um caso de sucesso entre as economias africanas e tem assumido um papel de relevo no contexto da África Austral tendo em conta, sobretudo, o seu potencial agrícola e ainda como fornecedor de energia para a região.
Em 2017 esta economia cresceu 3,8%, ocupando uma posição relevante no ranking de mercados de destino das exportações portuguesas (16ª, em 2015).
Procurando identificar e aproveitar as oportunidades que surgem nestes mercados, a AEP promove esta missão empresarial para estabelecer contactos com entidades locais e agentes do mercado que facilitem o acesso o mesmo, dar informação sobre o mercado às empresas nacionais e agendar reuniões entre estas e importadores/compradores de acordo com o perfil de cada participante.

Sectores de Maior Interesse
  • Metalomecânica;
  • Texteis-lar;
  • Energia;
  • Materiais de construção;
  • Aguas e Saneamento;
  • Agroalimentar

Programa:
. 30 de Junho– Partida para Maputo;
. 1 de Julho – Chegada a Maputo;
. 2 a 5 de Julho – Reuniões B2B com empresas locais;
. 6 de Julho – Partida de regresso a Portugal.
Participe nesta ação, desenvolvida no âmbito doPORTUGAL 2020 e COMPETE 2020 com financiamento a 50% dos custos elegíveis.
Inscreva a sua empresa aqui
Prazo de inscrição:  até dia 22 de Junho de 2018
Para qualquer informação adicional, poderá contactar:
António Tentúgal Valente
Gestor de Mercados Internacionais
Tel: (+351) 229981779 | Tlm: (+351) 961786407


ISCTAC PROJECTA CONSTRUIR HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NA BEIRA, SOFALA, MOÇAMBIQUE

INVESTIGAÇÃO CIENTIFICA - ISCTAC PROJECTA CONSTRUIR HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NA BEIRA, CONTA JÁ COM APOIOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS A NIVEL CIENTIFICO. PARABENS!
FONTE: TVM TELEVISÃO DE MOÇAMBIQUE.

quarta-feira, 13 de junho de 2018

MARCELO REBELO DE SOUSA PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE PORTUGAL VAI SER RECEBIDO POR DONALD TRUMP EM VISITA DE ESTADO EM 26 E 27 DE JUNHO AOS ESTADOS UNIDAS DA AMÉRICA

MARCELO REBELO DE SOUSA PRESIDENTE DA REPÚIBLICA DE PORTUGAL VAI SER RECEBIDA NA CA BRANCA A 26 E 27 DE JUNHO, EM VISITA DE ESTADO AOS EUA.

RUBIS DE MOÇAMBIQUEATINGEM VALOR RECORDE EM LEILÃO DA GEMFIELDS EM SINGAPURA

"Rubis Moçambicanos atingem valor recorde em leilão da Gemfields em Singapura Montepuez (O Autarca) – A Gemfields anunciou esta quarta-feira (13) os resultados de um leilão de rubis por lapidar realizado em Singapura entre 5 a 9 de Junho de 2018. Os rubis em bruto foram extraídos da licença detida e operada pela Montepuez Ruby Mining Limitada (“MRM”), que é detida em 75% pela Gemfields e em 25% pela Mwiriti Limitada. Segundo uma nota enviada à nossa Redacção, a receita do leilão foi de US$ 71,8 milhões; sendo o preço médio de US$ 122 por quilate, um novo recorde para os leilões de rubi de qualidade mista da Gemfields. Foram vendidos 588.656 quilates dos 629.893 quilates oferecidos (93%). Todas as receitas do leilão serão repatriadas para Moçambique em divisas, com o imposto de produção devido ao Governo de Moçambique ser pago sobre o preço total de venda alcançada no leilão. Até 30 de Junho de 2017, US$ 70 milhões foram pagos ao Governo na forma de impostos corporativos e royalties de produção, que aumentarão de acordo com este novo resultado do leilão. O CEO da Gemfields, Sean Gilbertson, comentou: “A MRM tem sido o maior contribuinte na província de Cabo Delgado em Moçambique nos últimos três anos, e este leilão colocanos no caminho para repetir essa conquista no ano civil de 2018 e expandir as nossas iniciativas de benefício para as comunidades e de conservação”. Segundo a nora recebida na nossa Redacção, o décimo leilão da Gemfields de rubis em bruto de Montepuez recebeu ofertas de 51 empresas. O leilão tinha uma oferta de rubis por lapidar de gamas alta, média e comercial, exclusivamente em forma não tratada.■ (R)"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE