quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

BEIRA CIDADE COMEMORA HOJE 107 ANOS CAPITAL DA PROVINCIA DE SOFALA MOÇAMBIQUE

HOJE A BEIRA FESTEJA AS SUAS 107 RISONHAS PRIMAVERAS, UMA CIDADE JOVEM, COM HISTÓRIA, COM OS SEUS BEIRENSES HOSPITALEIROS E AMIGOS, COMUNICANDO ENTRE SI EM TRÊS LINGUAS PRINCIPAIS:  NDAU, SENA E PORTUGUÊS. A BEIRA RECEBE TODOS OS MOÇAMBICANOS QUE A VISITAM, ACOLHE OS ESTRANGEIROS QUE NELA HABITAM, ESPERA PELOS TURISTAS DO MUNDO E DOS PAISES VIZINHOS, A BEIRA TEM HOTEIS DE QUALIDADE, PISCINAS, PRAIAS,  TAXISTAS COMPETENTES E PRESTÁVEIS, UM AEROPORTO QUE FUNCIONA, CAFÉS, ESPLANADAS, LOCAIS DE LAZER E DIVERSÃO. ASSIM, TAMBÉM É A BEIRA.
PARABENS MAIS UMA VEZ!

GAS E PETROLEO EM PEMBA CABO DELGADO MOÇAMBIQUE BASE LOGISTICA LANÇADA HOJE PELO PRESIDENTE DA REPUBLICA ARMANDO EMILIO GUEBUZA

"20 Agosto de 2014 | 10h08 

Presidente moçambicano lança construção de base logística de Pemba

Pemba - O presidente moçambicano, Armando Guebuza, lança nesta quarta-feira, na cidade de Pemba (norte de Moçambique), a primeira pedra da construção da primeira fase da base logística de gás e petróleo, orçada em mais de 112 milhões de euros.

Presidente de Moçambique, Armando Guebuza
Foto: angop
Segundo uma nota de imprensa da estatal moçambicana Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH), accionista de referência do empreendimento, a infra-estrutura será edificada no Porto de Pemba, província de Cabo Delgado, estando projectada a construção de um cais com cerca de 300 metros, instalações para produção e montagem de equipamento submarino, edificação de vias de acesso, bem como áreas de armazenamento de equipamento e oficinas mecânicas, para o apoio a indústria de gás e petróleo da região.

As obras de construção da primeira fase da Base Logística de Pemba vão terminar em 2016, dois anos antes do início da produção de gás que será extraído da bacia do Rovuma, norte de Moçambique.

A infra-estrutura foi concessionada pelo Governo moçambicano à Portos de Cabo Delgado (PCD), uma sociedade constituída pela ENH e pela companhia Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM). 

 Para a implementação do projecto de construção da Base Logística de Pemba, a PCD fez uma subconcessão do empreendimento à ENHILS SA, formada pela companhia ENH, com 51% do capital, e pela nigeriana Orlean Invest, com 49 por cento.
 
 Além da Base Logística de Pemba, a ENHILS SA será igualmente responsável pela construção do terminal portuário e logístico de Palma, também na província de Cabo Delgado, que irá igualmente desempenhar a função de estrutura de apoio a indústria de hidrocarbonetos da região."
FONTE: NEWSBRIEF e ANGOP

terça-feira, 19 de Agosto de 2014

LINHO DE PORTUGAL, SUA PRODUÇÃO E PROCESSAMENTO, MAIS UMA OPORTUNIDADE A DESENVOLVER EM PORTUGAL E MOÇAMBIQUE, POR EXEMPLO

 A TV 24 DE PORTUGAL, DIÁRIO DA MANHÃ, APRESENTOU UMA EXTENSA E EXCELENTE REPORTAGEM SOBRE A APANHA DO LINHO RECRIAÇÃO DA COLHEITA PERMITE ENSINAR MAIS NOVOS E REVIVER MEMÓRIAS, "ESPERANÇA E VIDA". PELO MENOS EM MOÇAMBIQUE SERIA POSSIVEL A SUA PRODUÇÃO, TRANSMISSÃO DO CONHECIMENTO DOS ARTESÃOS PORTUGUESES NESTE DOMINIO, CRIAÇÃO DE UMA BOA OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO PARA AMBOS OS PAISES.

TETE MOÇAMBIQUE CRESCIMENTO DA PRODUÇÃO GLOBAL 25,7%

A TVM1 ANUNCIOU HOJE EM EXTENSA REPORTAGEM A PARTIR DE TETE EM REUNIÃO HAVIDA ENTRE O GOVERNO PROVINCIAL E OS AGENTES ECONÓMICOS DA PROVINCIA TER-SE VERIFICADO UM CRESCIMENTO NA PRODUÇÃO GLOBAL DESTES ÚLTIMOS CINCO ANOS DE 25,7%.

sábado, 16 de Agosto de 2014

AUTOMAÇÃO, ROBÓTICA E CONTROLO INDUSTRIAL, TECNOLOGIA MECATRÓNICA E GESTÃO DE QUALIDADE E AMBIENTE , CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL TECNOLÓGICA E INDUSTRIAL ( CFTI) CONCLUSÃO ALARGA AS SUAS ACTIVIDADES A MOÇAMBIQUE


Conclusão alarga
oferta no seu CFTI de Maputo

"Autorização para os cursos de Técnico de Automação, Robótica e
Controlo Industrial, Tecnologia Mecatrónica e Gestão de Qualidade e Ambiente
Edição de: 
A Conclusão – Estudos e Formação, com sede em Coimbra, continua a afirmar-se no mercado moçambicano e desta vez viu o seu Centro de Formação Profissional Tecnológica e Industrial (CFTI) obter o Alvará Nº020/INEFP/01/2014 pelo Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional (INEFP). Desta forma, o CFTI obteve licença para ministrar as formações de Técnico Especialista em Automação, Robótica e Controlo Industrial, Tecnologia Mecatrónica e Gestão de Qualidade e Ambiente, por um período de três anos.
«O Grupo Conclusão continua a apostar no seu crescimento e presença em Moçambique, no desenvolvimento de produtos e serviços aliados às novas tecnologias e ajustado às necessidades do mercado e das empresas», refere, em nota de imprensa, a Conclusão."
FONTE: NEWSBRIEF E DIÁRIO DE COIMBRA DE PORTUGAL

QUELIMANE, ZAMBÉZIA, ABRE NOVO CENTRO COMERCIAL: "NUMBER ONE SUPERMARKET", JOAQUIM VERISSIMO GOVERNADOR DA PROVINCIA PROCEDEU À INAUGURAÇÃO

"Novo centro comercial abre em Quelimane

DOIS milhões de dólares norte-americanos foram investidos por empresários chineses para implantar um hipermercado na cidade de Quelimane, o que poderá diversificar a partir desta semana as opções de compra dos mais de 250 mil munícipes da capital provincial da Zambézia.
O Governador da Zambézia, Joaquim Veríssimo, que procedeu à inauguração do empreendimento comercial na manhã da passada quarta-feira, afirmou que mais do que nunca os cidadãos nacionais e estrangeiros residentes em Quelimane vão poder diversificar as oportunidades de aquisição de géneros alimentares, bebidas, electrodomésticos, entre outros.
Na ocasião, Joaquim Veríssimo pediu aos munícipes de Quelimane para valorizarem o investimento feito pelos empresários chineses, e que o hipermercado denominado “Number One Supermarket, Lda.” introduza novas relações comerciais com os residentes e produtores locais para aumentar o leque de produtos, não só estrangeiros, como também os produzidos localmente. Segundo ainda Joaquim Veríssimo, o empreendimento comercial constitui uma mais-valia, porquanto, dos 45 trabalhadores contratados, 30 são nacionais, o que abre boas perspectivas para que algumas famílias que têm ali os seus membros empregues possam melhorar as suas condições sociais e poder de compra.
“Quando entrarmos neste estabelecimento, a nossa intenção deve ser apreciar e se gostarmos comprarmos e não tirar o que existe de forma fraudulenta”, apelou aquele governante.
Entretanto, o objectivo dos empresários chineses é a médio prazo construir um empreendimento idêntico na cidade de Mocuba, no centro da província da Zambézia.
Joaquim Veríssimo afirmou que o seu Executivo dará todo o apoio necessário, porque com a transformação de Mocuba em zona económica especial é necessário criar condições que contribuam para a melhoria da qualidade de vida dos residentes locais.
Para além de Quelimane, a “Number One Supermarket, Lda.” tem representação na capital económica da província de Inhambane, a cidade da Maxixe. Os empresários chineses entendem que Moçambique é um parceiro estratégico para o desenvolvimento económico, social e político, por isso, tem vindo a apostar o seu investimento na expectativa de melhores índices de crescimento.
Na quarta-feira, depois da inauguração oficial do empreendimento, vários munícipes locais acorreram àquele estabelecimento, porque os preços desta semana foram promocionais.