quarta-feira, 19 de junho de 2019

ANADARKO, CIMEIRA ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA - ÁFRICA E MOÇAMBIQUE."MOÇAMBIQUE INAUGURA NOVA ERA ECONÓMICA AUSPICIOSA", DIZ JORNAL O AUTARCA.

"Moçambique inaugura nova era económica auspiciosa Maputo (O Autarca) – Na abertura oficial da Décima Segunda Cimeira Estados Unidos da América-África, esta manhã, em Maputo, o Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, replicou o seu discurso iniciado ontem, também na capital moçambicana, depois de testemunhar o anúncio da Decisão Final de Investimento do Projecto de Gás Natural Liquefeito (GNL) da Área 1, na bacia do Rovuma, de que o país inaugura uma nova era económica auspiciosa. “A decisão final de investimento pelas concessionárias da Área 1, lideradas pela Nadarko, na ordem de 23 mil milhões de dólares americanos, anunciada ontem, representa um imPresidente Filipe Nyusi exibindo as pastas contendo os documentos que confirmam a decisão final de investimento da Anadarko portante passo para o início duma nova fase da nossa economia e um sinal de crescimento”. Na mesma ocasião, o Chefe de Estado Moçambicano exortou e encorajou os empresários norte americanos a aproveitarem o ambiente de negócios favorável existente, as oportunidades e potencialidades de investimento em Moçambique, na região e em África, diversificando as suas intervenções. Participam na Décima Segunda Cimeira Estados Unidos da América-África cerca de quatrocentos empresários norte americanos, homens de negócio africanos e delegações de países de África encabeçadas pelos respectivos Chefes de Estado e de Governo."
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

terça-feira, 18 de junho de 2019

ANADARKO NA PESSOA DO SEU CEO ROBERT A. WALKER ANUNCIOU HOJE O SEU INVESTIMENTO E DE DEMAIS PARCEIROS EM MOÇAMBIQUE DE 23 BILIÕES DE USD

PARABÉNS ANADARKO, PARABENS PARCEIROS, PARABENS MOÇAMBIQUE. OS APÓSTOLOS DA DESGRAÇA, VELHOS DO RESTELO E QUEJANDOS DESTA VEZ, PERDERAM…..

quarta-feira, 12 de junho de 2019

JOSE RODRIGUES DOS SANTOS NA FEIRA DO LIVRO DE LISBOA, 15 DE JUNHO ÀS 15H00M, SABADO, SESSÃO DE AUTOGRAFOS, PAVILHÃO C64/C66/C68, OBRA "A AMANTE DO G

José Rodrigues dos Santos na Feira do Livro de Lisboa

                                                                   
José Rodrigues dos Santos estará a autografar os seus romances nos pavilhões da Gradiva (C64,C66,C68) na Feira do Livro de Lisboa no dia 

15 de Junho, sábado, a partir das 15 horas.

Contamos convosco!
Conheça aqui toda a obra do autor

terça-feira, 11 de junho de 2019

A CONFERENCIA INTERNACIONAL DE DOADORES, PÓS CICLONES IDAI E KENNETH.


A CONFERENCIA INTERNACIONAL DE DOADORES, PÓS CICLONES IDAI E KENNETH.

Como já anteriormente neste jornal  por mim referido o CICLONE IDAI, foi uma horrível tragédia que se abateu e fustigou a cidade da Beira, Provincia de Sofala, chegando ainda às Provincias de Manica, Tete,  Zambézia e Inhambane. Passados que foram onze dias a 25 de Abril, abate-se sobre as Provincias de Cabo Delgado e Nampula  o CICLONE KENNETH, deixando forte destruição nomeadamente na Ilha do Ibo, Macomia e Nacala. Havia entretanto sido criado o Gabinete de Reconstrução do pós IDAI ao qual foi acrescentado e pós KENNETH,  tendo como Director Executivo,  o Engenheiro Francisco Pereira. MOÇAMBIQUE, apesar de toda a solidariedade com rápida e abrangente resposta da comunidade nacional  e internacional, ficou a braços com uma grande tragédia que humanamente afecta um elevado número de milhares de pessoas, em termos imediatos alimentares, saúde medicamentos e infraestruturas hospitalares, escolas e material didáctico, abastecimento de água potável, abastecimento de energia electrica, restabelecimento das comunicações telefónicas e rodoviárias, habitações a ser necessária a sua construção de raiz, recuperação de telhados, profunda e grave erosão costeira nomeadamente na cidade da Beira. A produção de horticolas para autoconsumo ou vender no bazar desapareceu. Com ainda a agravante de todo o tecido empresarial da pequena e média empresa ter sido profundamente abalado, ficando a braços com pagamentos de salários e a fornecedores, sem nenhum retorno em produção, comercialização ou vendas, porque ficaram sem infraestruturas,  lojas, armazens, fabricas, incapazes portanto de minimamente solverem os seus compromissos imediatos. UMA VERDADEIRA TRAGÉDIA. Todas esta situação é UM BARCO MUITO PESADO.

Dai que o Governo de Moçambique de forma estruturada, organizou a CONFERENCIA INTERNACIONAL DE DOADORES, cidade da Beira, Provincia de Sofala, 31 de Maio e 1 de Junho de 2019, toda a organização do aparelho de Estado, Governadores Provinciais das Provincias afectadas, Administradores, Presidentes dos Municipios e respectivos vereadores, quadros dirigentes de empresas públicas, dirigentes Associativos Empresariais, empresários e outras individualidades, fizeram-se presentes a esta iniciativa.  A comunidade internacional fez-se representar ao mais alto nivel das várias organizações como o caso das Nações Unidas, União Europeia, FMI, Banco Mundial, BAD e variadissimas organizações especializadas. Os Estados estrangeiros fizeram deslocar membros do seu Governo ou representantes foi o caso de Portugal que esteve presente a Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação Teresa Ribeiro, Guiné Equatorial um representante do Presidente da República do respectivo País. Paises da União Europeia nomeadamente França, Reino Unido, Holanda, Bélgica, Austria, Noruega, Suécia, Estónia e dos Estados Unidos da América e Canadá fizeram-se presentes pelos respectivos Embaixadores e com propostas concretas de apoio.

A Banca comercial de Moçambique  encontrava-se presente ao seu mais alto nível de representação nomeadamente o BANCO BCI e MILLENNIUMBIM. Os empresários aguardam pelas propostas apelativas de financiamento com taxas de juro baixas relativamente à prática habitual e bom seria um periodo de carência.

O Gabinete de Reconstrução PÓS IDAI e KENNETH e o Municipio da Beira distribuiram durante a CONFERÊNCIA, cada instituição a sua brochura, sobre os efeitos dos ciclones e respectivas necessidades de forma sumariada.

Pairam no ar várias, quiçá,  legitimas inquietações e preocupações de alguns cidadãos: com que rapidez vão ser construidas habitações sociais, recuperados os hospitais e escolas, como e quando reparada a forte e grave erosão costeira  evidente entre o porto da Beira e o Macúti, melhoradas as vias de acesso de entrada e saída da cidade da Beira de e para o interior da Provincia de Sofala, a cidade da Beira quando terá iluminação normal nas suas ruas, os lugares de culto,  nomeadamente as Igrejas da religião católica ficaram praticamente todas sem telhado: Catedral, Paróquia de Nossa Senhora de Fátima nos Pioneiros, Macúti???????

O primeiro dia da CONFERENCIA foi a apresentação do levantamento das questões fundamentais humanas e estruturais deixadas pela tragédia dos dois CICLONES IDAI e KENNETH , Sábado e à guiza de conclusão foram os apoios concretizados pelos diversos representantes acima referidos que resultaram num protocolo assinado entre todos,  com os respectivos apoios enunciados.

Text Box: Page2O Presidente da República de Moçambique Engenheiro Filipe Jacinto Nyusi encerrou a cerimónia com uma intervenção na qual descreveu aspectos humanos decorrentes destas duas tragédias IDAI e KENNETH, fez apelos ao necessário encaminhamento da paz, manifestou profundo agradecimento a todos os doadores , garantiu absoluta transparência, acompanhamento e controlo dos bens doados pelas intituições nacionais e internacionais.

Ficaram assim, assegurados nesta fase apoios na ordem dos 1,2 milhões de dólares. Há muitos apoios que foram entretanto chegando nacionais e internacionais, das sociedades civis, ONGS e empresas privadas, em produtos alimentares, medicamentos, roupas e diversos, imediatamente a seguir aos ciclones de 14 de Março e de 25 de Abril que não estarão aqui “contabilizados” que chegaram por diversas vias, rodoviária, maritima, ferroviária e aérea.

ENQUANTO HÁ VIDA, HÁ ESPERANÇA!

OPINIÃO DE : Augusto Macedo Pinto

PUBLICADO: MAGAZINE INDEPENDENTE, 11 de junho de 2019, Terça-feira, pagina 8.

"TRANSPORTES, COMUNICAÇÕES E METEOROLOGIA DINAMIZANDO O DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO E SOCIAL DO PAÍS", MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES DE MOÇAMBIQUE REUNE SEU CONSELHO COORDENADOR NA CIDADE DA BEIRA DE 12 A 14 DE JUNHO. PARABENS!

"Ministério dos Transportes e Comunicações reúne-se em Conselho Coordenador a partir de amanhã na Beira Beira (O Autarca) – O Ministério dos Transportes e Comunicações (MTC) reúne-se a partir de amanhã, quarta-feira (12JUN19) até sexta-feira próxima (14JUN19), na cidade da Beira, em seu último Conselho Coordenador (CC) do presente quinquénio, sob o lema “Transportes, Comunicações e Meteorologia Dinamizando o Desenvolvimento Económico e Social do País”. Segundo apurou O Autarca de fonte do MTC, com vista a melhor responder a expectativa sobre o desempenho do sector no quinquénio prestes a terminar, a reunião da Beira será orientada para o balanço e identificação das linhas estratégicas do Sector para a elaboração do Programa Quinquenal do Governo (2019 – 2024). Durante os três dias da reunião, estão programadas quatro sessões de trabalho especificas que irão fazer uma radiografia sobre o trabalho realizado em todos os ramos de actividade do sector, nomeadamente (i) Transporte Marítimo e Serviços Ferro– portuários; (ii) Transporte Aéreo e Gestão de Infra-estruturas Aéreas; (iii) Transportes Terrestres (público de passageiros e carga), segurança e Intermodalidade; e (iv) Telecomunicações, Serviços PosEng. Carlos Mesquita, Ministro dos Transportes e Comunicações A fonte anunciou que estão previstas, igualmente, informações sobre a Lei de Governação Descentralizada e seu impacto no Sector; Proposta da Lei Portuária; novo Regulamento de Transporte em Automóveis (RTA), Administração do Património do Estado, para além de visitas a diversos empreendimentos do sector na cidade da Beira. Participam no XXXVII Conselho Coordenador dirigentes e quadros do Ministério dos Transportes e Comunicações, representantes dos Institutos e Empresas do Sector, Sindicatos, Associações dos operadores e outros convidados de instituições"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.