quinta-feira, 7 de julho de 2016

HEALTH4MOZ EM MISSÃO DE SOLIDARIEDADE MÉDICA EM MOÇAMBIQUE, NAMPULA EM PARCERIA COM A UNIVERSIDADE UNILÚRIO E O MINISTÉRIO DA SAÚDE DE MOÇAMBIQUE

Health4Moz: médicos portugueses trabalham este mês em Maputo e Nampula Maputo (O Autarca) – A 6ª Missão da Health4MOZ, leva perto de uma dezena de médicos portugueses em missão com o objectivo de diminuir os números da mortalidade infantil. Os médicos portugueses voltam a Moçambique, este mês, devendo intervir activamente na zona de Nampula e Maputo. Nesta missão da Health4Moz a vigilância na gravidez, a assistência ao parto, o suporte básico de vida e as técnicas de laboratório serão as principais áreas de actuação, justificadas pela elevada taxa de mortalidade infantil registada em Moçambique. Os técnicos de saúde portugueses juntam-se novamente no sentido de melhorar as condições de assistência médica no país, onde a expectativa de vida é de 49 anos. Com o apoio de simuladores de tecnologia de ponta vão transmitir os seus conhecimentos a alunos, a jovens recém-licenciados e a profissionais no terreno, em acções de formação de forte componente prática. A Health4Moz é uma associa- ção de direito privado, sem fins lucrativos e já deu apoio a mais de 500 técnicos de saúde, entre os quais, médicos (de clínica geral e familiar e de outras especialidades como ginecologia, pediatria, cardiologia), enfermeiros e, ainda, um farmacêutico e dois médicos dentistas. Nos últimos três anos, em parceria com a Universidade de Lúrio (UniLúrio) e com o Ministério da Saúde de Moçambique (MISAU), a Health4- Moz tem vindo a desenvolver uma forte intervenção em Moçambique, onde os indicadores de saúde estão muito aquém da maioria dos seus vizinhos africanos, sendo considerado um dos mais baixos a nível mundial. O apoio financeiro que suporta estas missões resulta das iniciativas realizadas ao longo do ano nas mais diversas áreas e de variadas formas, desde as artes plásticas ao sector empresarial. Esta 6ª missão conta com o apoio da VISABEIRA, parceiro da Health4MOZ desde o início e da Sociedade Comercial C. Santos (Mercedes), que organizou um jantar solidário cujo valor reverteu integralmente a favor da Helth4Moz."
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE.

Sem comentários:

Publicar um comentário