quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

ANGOLA, MOÇAMBIQUE E O TURISMO

"Angola prevê crescimento de turismo para Moçambique . Terça, 28 Dezembro 2010 00:00 Redacção
Maputo: o novo destino dos angolanos. Há cada vez mais angolanos a visitar Moçambique. O número de voos da LAM passou de um para três por semana. O embaixador de Angola em Maputo diz que os interesses ainda vão aumentar. O chefe da diplomacia angolana em Moçambique, João Garcia Bires, estima que a actividade turística entre Moçambique e Angola vai crescer, a curto prazo, com o aumento da frequência de voos entre os dois países lusófonos, noticiou a Agência Angola Press (ANGOP). O diplomata disse que o aumento da frequência de voos entre Maputo e Luanda e vice-versa, de um para três por semana, deverá impulsionar o turismo, passando do actual familiar para o clássico. Para si, os dois povos conheciam-se mutuamente mal, mas com a abertura da linha aérea Maputo/Luanda, que começou timidamente com um voo semanal, passou para dois e depois para três, os interesses aumentaram dos dois lados. A terceira frequência veio facilitar o contacto. “Hoje, as pessoas podem trocar, podem sair de uma capital para outra com facilidade. A relação entre angolanos e moçambicanos é maior, com casamentos pelo meio, mas ainda não se pode falar de um turismo clássico”, afirmou Garcia Bires.  Por outro lado, “Eu não falaria de turismo clássico, mas de troca de impressões entre nós, porque acredito que no futuro poderemos falar de excursões turísticas de angolanos em Moçambique e de moçambicanos em Angola. Há angolanos que vêm para cá a convite de um amigo, de um familiar e de igual modo em Angola. Basicamente, é um turismo familiar, num futuro próximo poderemos pensar em excursões”. O embaixador angolano em Maputo revelou que, actualmente, turistas angolanos chegam a Moçambique via Joanesburgo, África do Sul, de viatura ou de motorizada. A Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) justifica o aumento das frequências para este destino, afirmando que o mesmo é um dos mais procurados pelos clientes e tal procura tende a aumentar de forma sustentável. As relações comerciais e de amizade entre Moçambique e Angola têm estado a crescer nos últimos anos. Recentemente, várias missões políticas e empresariais daquele país da SADC, uma das quais encabeçada pelo respectivo presidente, José Eduardo dos Santos, visitaram o país para estender a cooperação." Fonte O PAÍS e SAPO MOÇAMBIQUE.

Sem comentários:

Publicar um comentário