quarta-feira, 6 de agosto de 2014

CHICHORRO EXPÕE EM LISBOA A 19 SETEMBRO, ROBERTO CHICHORRO; MESTRE DA PINTURA MOÇAMBICANA, TERÁ QUINZE OBRAS INÉDITAS NO MAC MOVIMENTO ARTE CONTEMPORÂNEA DE LISBOA.

UMA exposição com 15 trabalhos recentes e inéditos do artista moçambicano Roberto Chichorro será inaugurada no dia 19 do próximo mês, Setembro, no Movimento Arte Contemporânea (MAC) em Lisboa, República Portuguesa.
O anúncio da exposição foi pelo director-coordenador do MAC, Álvaro Lobato de Faria, falando à Lusa, tendo indicado que a exposição, intitulada “Concerto Para Noites de Luar Azul”, vai apresentar sobretudo obras de pintura e também desenhos em técnica mista sobre tela.
“Serão aproximadamente 15 trabalhos inéditos, e todos de 2014”, excepto uma obra de grandes dimensões, e um óleo sobre tela de 2013.
A exposição vai ser inaugurada no MAC no dia 19 de Setembro, pelas 18.30 horas, ficando patente até 24 de Outubro.
“Roberto Chichorro situa-nos no exacto lugar entre a pintura e a poesia. A sua africanidade é a sua estética e poética, o seu fundamento, e a sua inspiração longínqua. Revela-nos as memórias da alma num horizonte temporal pressentido, muito além da magia do sonho possível”, refere o director do MAC, num texto sobre o artista.
Nascido em 1941 na então Lourenço Marques, hoje Maputo, capital do país, Roberto Chichorro trabalhou como desenhador de publicidade e de arquitectura e como decorador de pavilhões para feiras internacionais.
Fez cenografias para espectáculos e ilustrou vários livros e, entre 1982 e 1985, foi bolseiro do Governo espanhol, em Madrid, onde trabalhou em cerâmica e zincogravura.
Em 1986 foi bolseiro do Governo português, vivendo em Portugal desde essa data, e dedicando-­se exclusivamente à pintura."
FONTE: JORNAL NOTICIAS DE MOÇAMBIQUE

Sem comentários:

Publicar um comentário