terça-feira, 29 de maio de 2012

PORTO DE MAPUTO MELHOROU ACESSO E ACTUALIZOU CARTA DE NAVEGAÇÃO MARITIMA

"Porto de Maputo: Melhora segurança no canal de acesso . Os níveis de segurança no canal de acesso ao Porto de Maputo registaram melhorias significativas como resultado da actualização da carta de navegação marítima, numa operação levada a cabo pelo Instituto Nacional de Hidrografia e Navegação (INAHINA), com apoio de parceiros do sector. Maputo, Terça-Feira, 29 de Maio de 2012:: Notícias
Actualizada em Janeiro deste ano, a carta de navegação marítima no canal de Moçambique já foi apresentada aos agentes de navegação e às companhias que operam regularmente no Porto de Maputo.Desde então, e segundo fonte do INAHINA, não mais foram reportados problemas relacionados com a segurança dos navios que demandam o Porto de Maputo, nomeadamente encalhamentos no canal de acesso. De acordo com a fonte, a modernização da carta de navegação marítima é uma operação que já se impunha, não somente por causa dos incidentes que amiúde se registavam no canal de acesso, mas, sobretudo, porque nos últimos tempos o Porto de Maputo tem vindo a conhecer um incremento dos volumes de tráfego como resultado do incremento do comércio regional e internacional.No quadro dos esforços visando dar resposta a este demanda, as autoridades portuárias investiram num programa de dragagem do canal de acesso, dotando-o de uma profundidade que atinge os 12 metros contra os anteriores nove, o que permite entrada de navios com capacidade até 60 mil toneladas.“A actualização da carta marítima não teria sido possível sem a colaboração dos agentes de navegação e da Autoridade Portuária do Porto de Maputo. O nosso esforço agora é no sentido de garantir que todos os utilizadores do Porto tenham acesso ao instrumento, para que as operações no porto sejam mais seguras, o que certamente vai estimular mais companhias a usarem o porto”, disse a fonte.
Presentemente, o INAHINA está a desdobrar-se num trabalho de sensibilização dos utilizadores, incluindo os comandantes dos navios de grande calado que atracam no Porto de Maputo e agentes de navegação, no sentido de adquirirem a nova carta náutica que possui indicações actualizadas sobre as rotas mais seguras de acesso aos vários terminais de acostagem. “Neste momento podemos garantir que o canal está estabilizado e não existe qualquer registo de problemas. Estamos em busca de parcerias com os vários envolvidos no negócio marítimo e portuário, no sentido de tornar a navegação marítima nas águas moçambicanas cada vez mais segura”, disse a fonte.A carga processada no porto de Maputo poderá atingir 14 milhões de toneladas este ano, segundo projecções da Companhia de Desenvolvimento do Porto de Maputo (MPDC), a entidade gestora daquela infra-estrutura.Segundo fonte daquela entidade, nos últimos oito anos o porto triplicou a quantidade de carga manuseada, tendo passado de quatro milhões de toneladas em 2003 para 11,8 milhões de toneladas em 2011.O plano de expansão aprovado prevê que o volume de carga processada no porto atinja 40 milhões de toneladas nos próximos cinco a seis anos." Fonte Jornal NOTICIAS.

Sem comentários:

Publicar um comentário