sábado, 19 de maio de 2012

PORTO DE MAPUTO AMPLIA-SE, MODERNIZA-SE E EQUIPA-SE

"Porto de Maputo: Projectos de expansão prontos ainda este ano . TRÊS projectos de investimento na expansão de infra-estruturas básicas deverão ser concluídos até finais deste ano, segundo o cronograma aprovado no âmbito do programa de desenvolvimento do Porto do Maputo, aprovado para o período 2012 – 2030.
Maputo, Sábado, 19 de Maio de 2012:: Notícias . Orçados em cerca de quatro milhões de dólares norte-americanos os projectos incluem a ampliação do portão principal de acesso ao porto, através do qual pelo menos seiscentos camiões chegam diariamente aos vários terminais transportado carga em trânsito de e para os países vizinhos da região.Segundo dados divulgados na recente Conferência anual do Porto do Maputo, esta componente deverá consumir cerca de um milhão de dólares, estando a sua conclusão prevista para Setembro.Outro investimento actualmente em curso no Porto do Maputo é orçado em dois milhões de dólares norte-americanos, e está orientado para a realização de um estudo visando a reabilitação dos cais de acostagem de navios nos terminais portuários.Com a recente conclusão dos trabalhos de dragagem do canal de acesso, agora com uma profundidade máxima de 12 metros, o Porto do Maputo já recebe navios de grande tonelagem, cuja acostagem coloca novo tipo de exigências, incluindo equipamentos para o manuseamento.O referido estudo, de acordo com projecções apresentadas durante a conferência, deverá ser concluído até Dezembro do ano em curso.Ainda em Setembro deste ano, deverás ser concluída a reabilitação de armazéns actualmente em curso no porto, numa iniciativa que envolve investimentos na ordem de um milhão de dólares norte americanos. A ideia é adequar a infra-estrutura portuária aos desafios ditados pelo incremento de negócios e crescente necessidade de acesso aos mercados internacionais por parte dos países da região.
Com uma contribuição fixada em 25 porcento nas receitas alfandegárias, o Porto do Maputo detém um potencial para libertar o desenvolvimento da região, mercê da sua localização estratégica para receber carga da África do Sul, Suazilândia, Zimbabwe, Botswana entre outros. Por exemplo, são escoados através do Porto do Maputo o ferro-crómio, Crómio e carvão do Zimbabwe; o carvão do Botswana, o Magnetite, carvão, ferro-crómio e crómio da África do Sul e Minério de ferro e açúcar do Reino da Suazilândia. O porto manuseia igualmente contentores de países como África do Sul e Zimbabwe.Em 2013 está prevista a conclusão da fase 2 do projecto de expansão do terminal de viaturas, cuja capacidade deverá se situar nas 100 mil unidades. Para este propósito estão a ser investidos 20 milhões de dólares norte-americanos.Enquanto isso, a primeira fase do projecto de expansão do Terminal de contentores, orçado em cerca de 300 milhões de dólares, só deverá ser concluída em 2016, com uma capacidade de manuseamento incrementada para 500 mil contentores. A ideia, segundo dados divulgados na ocasião, é dispor o terminal de dois cais dedicados ao manuseamento de contentores." Fonte Jornal NOTICIAS.

Sem comentários:

Publicar um comentário