sábado, 29 de setembro de 2012

NYAU EM MAPUTO CULTURA MOÇAMBICANA NA FEIRA DE ARTESANATO JLORES E GASTRONOMIA DE MAPUTO FEIMA

Dança Nyau
Dança Nyau

"Cultura ao fim-de-semana: Nyau em Maputo


EVENTOS culturais em diversas cidades moçambicanas têm vindo a marcar de forma inédita o quinto aniversário da reversão da Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB), efeméride que será assinalada no dia 27 de Novembro próximo. Neste contexto, a Feira de Artesanato, Flores e Gastronomia de Maputo (FEIMA) acolhe amanhã, domingo, um espectáculo de nyau, dança considerada pela UNESCO como património cultural da humanidade.Maputo, Sábado, 29 de Setembro de 2012:: Notícias Organizado pela HCB, em parceria com a Companhia Nacional de Canto e Dança (CNCD), o espectáculo será caracterizado também pela actuação de grupos de timbila e da Companhia Nacional de Canto e Dança.O nyau ou “Gule Wankulo” é uma dança exótica milenar praticada por homens das comunidades situadas ao norte do rio Zambeze e adquire conotações diferentes de acordo com a ocasião em que é praticada, se em rituais de iniciação masculina, cerimónias fúnebres ou por puro entretenimento.Esta dança foi declarada a 25 de Novembro de 2005 obra-prima do património oral e imaterial da humanidade.Além do espectáculo de nyau, o movimento cultural deste fim-de-semana a nível da cidade de Maputo será caracterizado pela realização de diversas manifestações culturais, destacando-se concertos musicais nas casas de pasto que tradicionalmente oferecem musica ao vivo, espectáculos de teatro no “Avenida” e “Gilberto Mendes”, exposições de artes plásticas no Centro Cultural Franco-Moçambicano (CCFM), Instituto Camões e no Museu Nacional de Arte.No que diz respeito a outros pontos do país, destaque vai para a cidade de Pemba, capital da província de Cabo Delgado, onde, tal como ontem, todos os caminhos vão dar hoje ao Centro Cultural Tambo Tambulani Tambo, no bairro de Nanhimbe.Aquela associação cultural, que se dedica ao teatro, dança, música e outras artes, faz calhar o fim do congresso com um desfile de nomes sonantes da cultura moçambicana.De acordo com informações em nosso poder, espera-se no local a projecção de um filme histórico, muita poesia, dança contemporânea e, como não poderia deixar de ser, a música, com a participação do professor Warila, de Nampula, Roberto Chitsondzo, Isaú Menezes, Filimone Meigos, para além da prata da casa." Fonte Jornal NOTICIAS.

Sem comentários:

Publicar um comentário