quarta-feira, 14 de setembro de 2011

AMÉRICO AMORIM EM MOÇAMBIQUE JUNTA-SE À HOMENAGEM AO PRESIDENTE DA REPÙBLICA DE MOÇAMBIQUE PROMOVIDA PELA CÂMARA DE COMÈRCIO MOÇAMBIQUE PORTUGAL

Moçambique é um país atractivo para investimento” – Américo Amorim . 14/09/2011. (Presidentes Guebuza e Cavaco Silva, durante a visita do estadista moçambicano a portugal em abril de 2010). O Presidente Armando Guebuza foi ontem homenageado no Maputo pela Câmara de Comércio Moçambique-Portugal (CCMP) com o título de presidente honorário daquela instituição, em reconhecimento da sua “visão estratégica na dinamização das relações empresariais entre os dois países”.A homenagem ao Presidente da República foi decidida em Assembleia-Geral daquela instituição realizada a 5 de Setembro corrente, tendo pesado para tal os esforços de Armando Guebuza com vista à criação da Câmara, cujas bases foram lançadas em Abril do ano passado durante a sua visita presidencial a Portugal.Nesse sentido, o PR recebeu das mãos do presidente da CCMP, Daniel David, uma salva de prata e um relógio de parede para que continue a ser fiel cumpridor do horário, tal como vem sendo, segundo palavras daquele empresário.A cerimónia, bastante concorrida pelos membros do Governo, representantes das instituições de soberania do país e empresariado nacional e português, foi antecedida de duas palestras proferidas por Américo Amorim, presidente do Grupo Amorim, uma das maiores empresas portuguesas, e Manuel Ferreira de Oliveira, presidente da Comissão Executiva da Galp Energia.Américo Amorim destacou, entre outros pontos, que Moçambique é um país atractivo a investimentos à escala planetária e que devido ao clima socioeconómico que vive está condenado a crescer nos próximos anos. Manuel Oliveira falou dos projectos da Galp Energia no país, realçando que a firma se encontra apostada na produção de biocombustíveis, estando já na fase de plantação cerca de 500 a 600 hectares da cultura em Mocuba, Zambézia.Acrescentou que aquele e outros projectos da firma vão nos próximos anos gerar cerca de mil empregos directos e outros três mil de forma indirecta. Falando na ocasião, Armando Guebuza enalteceu a importância dos empresários nas relações entre países, apontando que eles desempenham grande papel no relacionamento entre povos, pois lidam com todas as esferas, com destaque para consumidores e mão-de-obra. O estadista recomendou para que a gala da sua homenagem sirva no reforço das relações entre as duas partes e na atracção de investimentos para o país.“Que Moçambique continue destino privilegiado para o investimento público e privado estrangeiro”, disse o PR, precisando que no caso de Portugal as trocas comerciais vêm crescendo, ultimamente, nos dois sentidos, com as exportações nacionais a aumentarem 300 porcento entre 2003 e 2010 e as importações lusas a incrementarem-se na ordem de 96 porcento, no período de 2006 ao ano passado.Fonte: Jornal Notícias" Fonte Rádio Moçambique.







Sem comentários:

Publicar um comentário