terça-feira, 11 de junho de 2013

AEROPORTO INTERNACIONAL DE NACALA: ..."VAI REPRESENTAR UM GRANDE MARCO NA CONCRETIZAÇÃO DO ALINHAMENTO DAS ESTRATÉGIAS DE DESENVOLVIMENTO DA AVIAÇÃO CIVIL COM O TURISMO, AGRICULTURA E MINERAÇÃO" EM MOÇAMBIQUE

"Recursos energéticos pressionam aviação


A DESCOBERTA de enormes reservas de gás e carvão mineral está a pressionar a indústria de aviação com maior enfoque na modernização e construção de aeroportos e outros serviços.
Maputo, Terça-Feira, 11 de Junho de 2013:: Notícias
 
Segundo o Presidente do Conselho de Administração da Empresa Publica Aeroportos de Moçambique (ADM), Emanuel Chaves, o grande desafio que se apresenta e o de ligar Mocambique a economias mundiais mais robustas e desenvolvidas. Em mensagem por ocasião da apresentação do Relatório de Contas de 2012, Chaves refere que em 2012 foram concluídas as obras e entrou em funcionamento o Terminal Domestico de Passageiros no Aeroporto Internacional de Maputo, estando neste momento em curso as obras de construção do Aeroporto Internacional de Nacala, que deverão terminar em meados de 2014. “A entrada em funcionamento do novo Aeroporto Internacional de Nacala vai representar um grande marco na concretização do alinhamento das estratégias de desenvolvimento da aviação civil com o turismo, agricultura e mineração”, disse Chaves, citado pela AIM.A fonte destacou que em 2012 a ADM adquiriu e instalou equipamento de apoio a navegação aérea na torre de controlo do Aeroporto Internacional de Maputo, facto que coloca a empresa na rota da modernidade e aumenta a segurança no espaço aéreo nacional. No tocante aos rendimentos financeiros, Chaves disse que, apesar de ligeiros decréscimos na componente de receitas de “sobrevoos e “Correios”, a ADM evoluiu em três e 13 por cento respectivamente, porque as componentes de “aeronaves”, “passageiros” e “carga” tiveram resultados animadores.
A componente de “aeronaves” registou um crescimento de 12 por cento, a de passageiros nove por cento e, por último, a de carga oito por cento.O volume de negócios, segundo Chaves, aumentou, em um por cento, situando-se em 1.045.096.925,00 Meticais contra os 1.029.658.684,00 Meticais do ano anterior. Este aumento foi impulsionado pela subida das receitas não aeronáuticas que se situaram em 155.389.373,00 Meticais, contra os 141.302.684,00 de 2011." FONTE JORNAL NOTICIAS.

Sem comentários:

Publicar um comentário