sexta-feira, 17 de junho de 2011

BRASIL, ARGENTINA E CHILE : COOPERAÇÂO COM MOÇAMBIQUE

"Moçambique Brasil debatem reforço da cooperação bilateral . 17/06/2011. O ministro dos Negócios Estrangeiros de Moçambique, Oldemiro Baloi, reúne-se esta sexta-feira (17) com o seu homólogo brasileiro, Antonio Patriota, para reforçar a cooperação bilateral entre os dois países, impulsionada nos últimos anos.Moçambique é hoje o país que mais beneficia da ajuda externa brasileira, com dezenas de projectos que devem absorver, entre 2010 e 2013, aproximadamente 70 milhões de dólares em investimentos.Um dos temas principais a serem conversados entre os dois ministros será a proximidade do início da produção de medicamentos na fábrica de antirretrovirais construída com a ajuda do Brasil. Devido à parceria com a companhia brasileira de mineração Vale, houve um impulso nas obras de adequação do edifício e chegada de equipamentos definitivos para dar início à produção.O intercâmbio na área de educação é outro assunto de peso na agenda da reunião de hoje, com a expectativa de que haverá prosseguimento no projecto Universidade Aberta do Brasil, que actualmente conta com três pólos nas cidades de Maputo, Beira e Lichinga.O Brasil prevê abertura de outros seis destes pólos, onde são ministradas aulas a aproximadamente 600 alunos que recebem cursos de professores brasileiros nas áreas de matemática, pedagogia, biologia e administração.A porta-voz do Itamaraty destacou ainda que mais de 500 moçambicanos estudaram no Brasil nos últimos anos dentro do programa de bolsas de estudo do Governo brasileiro.+ Argentina quer cooperar na transferência de tecnologia agropecuária. A ajuda brasileira chega também na área de agricultura, através da Embrapa - empresa estatal voltada para a pesquisa em agropecuária - que deverá levar desenvolvimento agrícola à savana moçambicana com técnicas similares às utilizadas no cerrado brasileiro.O Pró-Savana é um plano de cooperação triangular que conta com financiamento japonês e já está em andamento em Moçambique.Noutro projecto de cooperação trilateral, a empresa brasileira Eletrobrás actua em parceria com a companhia portuguesa Redes Energéticas Nacionais e a Empresa Eletricidade de Moçambique para a construção da linha de transmissão centro-sul (Cesul). Na área de energia, prevê-se ainda a continuação de negociações a respeito de projectos ligados a bioenergia.Os ministros pretendem ainda concluir os pontos do Programa de Aquisição de Alimentos, que está a ser desenvolvido pelo Brasil, em parceria com a FAO, e encontra-se em fase final de elaboração, segundo o Itamaraty.O comércio bilateral deverá ser outro tema a ocupar as discussões, após o aumento significativo nos últimos anos, com grande superávit para o Brasil.Em 2010, as trocas comerciais chegaram a US$ 42 milhões de dólares, com saldo positivo em 38 milhões para os brasileiros.Em 2009, o cenário não foi diferente, com um saldo total de 110 milhões de dólares, com superávit de 108 milhões para o país sul-americano.Antes de chegar a Brasília, Baloi visitou outras duas nações da América Latina esta semana, com visita oficial à Argentina e Chile, também com o intuito de fortalecer as relações e ampliar os laços de cooperação." Fonte Rádio Moçambique.










Sem comentários:

Publicar um comentário