quarta-feira, 1 de junho de 2011

SUIÇA FINANCIA PROTECÇÃO COSTEIRA NA BEIRA, SOFALA, MOÇAMBIQUE

Suíça financia protecção costeira na Beira. O GOVERNO da Suíça vai desembolsar três milhões e 250 mil dólares norte americanos para a concretização do projecto de protecção costeira da cidade da Beira, cuja empreitada poderá arrancar brevemente e terá a duração de 12 meses e inclui, basicamente, a reabilitação de 20 esporões e reconstrução do sistema atinente, numa extensão de dois quilómetros que vão da zona da Praia Nova até ao Estoril.Maputo, Quarta-Feira, 1 de Junho de 2011:: Notícias . Para o efeito, a Embaixadora da Suíça em Moçambique, Therese Adam, e o Presidente do Conselho Municipal da Beira, Daviz Simango, assinaram ontem, na capital provincial de Sofala, um memorando de entendimento que serviu de testemunho para a concretização de um dos principais pilares do Plano Estratégico da edilidade, nomeadamente a protecção costeira. Durante o evento, a Embaixadora da Suíça em Moçambique, Therese Adam, disse que o contrato ora assinado pretende assegurar a protecção costeira da cidade da Beira e por conseguinte salvaguardar as potencialidades da urbe que, na sua apreciação, são um grande catalisador para o desenvolvimento da segunda maior cidade moçambicana, em particular, e do país, em geral. Therese Adam disse ainda que as inundações e ciclones que assolaram a cidade da Beira em 2000 e 2003, respectivamente, trouxeram à tona a vulnerabilidade que a urbe está exposta devido á sua localização geofísica e climática. Com o efeito, segundo a diplomata, a partir de 2009, iniciaram acordos entre as partes que culminaram com o memorando ora assinado que, entre outras coisas, vai salvar algumas infra- estruturas que estão em risco devido á erosão costeira que grassa a capital provincial de Sofala. “Beira deve ser um espaço próspero e bonito. Deve ter um ambiente saudável. Para isso, devemos garantir a protecção costeira e salvaguardar as potencialidades desta cidade”- reafirmou Adam. Por seu turno, o Presidente do Conselho Municipal, Daviz Simango, reconheceu que com a concretização do projecto, haverá espaço para estimular mais investimentos para a capital provincial de Sofala, tendo em conta as potencialidades existentes, com destaque para os empreendimentos ferro- portuários e os projectos atinentes, como é o caso da exportação de carvão de Moatize.
“Com a concretização deste projecto, estaremos a contribuir para o combate à pobreza urbana, uma das nossas maiores preocupações. Não só, estaremos também a cumprir com as recomendações do Mecanismo Africano para a Revisão de Pares (MARP), que apela para que haja uma maior contribuição no investimento à cidade da Beira. Daviz Simango reiterou que a Cooperação Suíça financiou, igualmente, os projectos de intervenção de emergência na protecção costeira da Beira, realizadas num passado recente e que estão avaliados em nove milhões de meticais, dai que reconheceu que o Executivo daquele país da Europa Central é um parceiro privilegiado no que diz respeito ao desenvolvimento local. Eduardo Sixpence" Fonte Jornal NOTICIAS.

Sem comentários:

Publicar um comentário