sexta-feira, 15 de outubro de 2010

PORTUGAL E MOÇAMBIQUE - 10 - OS TRANSPORTES SÃO DETERMINANTES.

"Empresas portuguesas vão participar no capital de duas parcerias a constituir em Moçambique

15/10/2010. Empresas portuguesas vão participar no capital de duas parcerias a constituir em Moçambique nos sectores ferroviário e de reparação e construção naval, disseram quinta-feira em Lisboa os ministros das Obras Públicas português e moçambicano.“Vamos começar agora e já estamos a explorar as possibilidades de constituir duas empresas em regime de parceria, uma ao nível da manutenção, com a Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário e outra com os Estaleiros de Viana do Castelo”, disse o ministro Paulo Zucula, de Moçambique.O capital provém do fundo de investimento, no valor global de 124 milhões de dólares, resultante das contrapartidas da passagem do controlo da Hidroeléctrica de Cahora Bassa para o Estado moçambicano, acrescentou o ministro português António Mendonça.Os dois ministros falaram à agência noticiosa portuguesa Lusa no final da visita de trabalho que Paulo Zucula efectuou a Portugal de segunda-feira a quinta-feira.O ministro moçambicano destacou ainda o lançamento no seu país, no próximo dia 27, da parceria luso-moçambicana Correios Expresso de Moçambique, destinada a prestar serviços na área das telecomunicações e constituída, em partes iguais, pelos Correios de Portugal e Correios de Moçambique, com o capital social de 600 mil dólares." FONTE RÁDIO MOÇAMBIQUE.

Sem comentários:

Publicar um comentário