domingo, 10 de maio de 2015

PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE FILIPE JACINTO NYUSI VISITA `BEIRA SOFALA 15 DE MAIO QUINTA FEIRA



- NYUSI EM NHAMATANDA NO INICIO DA SUA VISITA A PROVINCIA

12-05-2015 15:45:31

Por Damiao Trape, da AIM, em Sofala

Nhamatanda (Mocambique), 12 Mai (AIM) – O Presidente da República, Filipe Nyusi, chegou na manhã de hoje ao distrito de Nhamtanda, marcando o inicio da sua visita de trabalho de quarto dias à provincial central moçambicana de Sofala.

Nyusi, cujo ponto de partida foi a localidade de Metuchira, cerca de 15 quilómetros da vila sede distrital de Nhamatanda, chegou a este ponto do país ido da vizinha província de Inhambane, onde de 08 a 11 de Maio corrente cumpriu mais uma etapa da sua visita presidencial, que serviu para explicar às populações sobre o programa do governo para os próximos cinco anos e colher contribuições em torno da sua implementação.

Na localidade de Metuchira, o Chefe de Estado tem agendado um comício popular e a sessão extraordinária do governo provincial, alargada aos administradores distritais, presidentes dos conselhos municipais, presidente da Assembleia Provincial e outros quadros.

Após estes dois eventos, Nyusi desloca-se a sede do distrito, onde vai dirigir a cerimónia de inauguração de silos.

Quarta-feira, o Presidente da República desloca-se ao distrito de Chemba, a norte da província, onde, para além de orientar um encontro popular e sessão extraordinária do governo local, visitará as obras de construção de duas pontes sobre o Rio Sangaze 1 e 2 e reunir com pescadores que praticam a sua actividade no Rio Zambeze, o maior de Mocambique.

No dia Seguinte, Nyusi escala o distrito de Dondo onde, entre várias actividades, vai inaugurar uma fábrica de processamento de Madeira.

No último dia, sexta-feira, Nyusi trabalhará na cidade da Beira, a capital provincial, onde tem uma agenda muito apertada, que inclui o lançamento da primeira pedra do Projecto de Construção do Sistema de Saneamento do bairro Macurrungo e do Sistema de Drenagem do Rio Chiveve, no centro da cidade. Igualmente, orientara uma sessão extraordinária do governo provincial, que marcara o fim da sua visita á Sofala.
(AIM)
DT/SN

(AIM) 

Sem comentários:

Publicar um comentário