quinta-feira, 30 de maio de 2013

TETE MUNICIPES SATISFEITOS COM O DESEMPENHO DO CONSELHO MUNICIPAL DA CIDADE

"TETE - Munícipes da capital provincial satisfeitos com desempenho da edilidade


Munícipes da cidade de Tete mostram-se satisfeitos com o trabalho executado pela edilidade local, em parceria com outras instituições governamentais e privadas, no melhoramento das condições sociais nos meios habitacionais. Maputo, Quinta-Feira, 30 de Maio de 2013:: Notícias                  
Tal satisfação foi expressa, na semana passada, no decurso de encontros que o presidente daquela autarquia, César de Carvalho, manteve com os munícipes das diversas zonas residenciais da cidade e que serviram para a apresentação do nível dos vários projectos propostos no seu manifesto eleitoral.
Com efeito, conforme referiu o chefe da edilidade de Tete nos vários encontros havidos com os munícipes durante as visitas que semana passada efectuou aos bairros da cidade, das 137 tarefas basilares que constituem o seu manifesto eleitoral, grande parte delas foram cumpridas sendo que até ao final do mandato as mesmas deverão ser concluídas. “A população referiu-se aos esforços efectuados no melhoramento das vias de acesso rodoviário à periferia, expansão das redes sanitária, de energia eléctrica e do sistema de abastecimento de água potável, entre outras realizações de maior significado no seio das comunidades” - disse César Carvalho.As poucas tarefas que ainda faltam por executar, segundo o nosso interlocutor, serão todas concluídas até ao final do mandato o que não significa, necessariamente, o termo das preocupações dos munícipes da cidade de Tete.“Ainda temos pela frente enormes desafios porque a solução de um caso significa o surgimento de um outro novo problema” - apontou Carvalho.Entretanto, continuam evidentes algumas fragilidades que associam a pobreza urbana no município com o elevado nível de desemprego, o que provoca marginalidade que se traduz no cometimento de vários crimes que trazem instabilidade à segurança e tranquilidade públicas na urbe.“Ainda não estão criadas todas as condições para o emprego e/ou auto-emprego para todos os citadinos vulneráveis, sobretudo da camada juvenil” - reconheceu o chefe da edilidade da cidade de Tete.César de Carvalho referiu ainda que há grandes desafios para o Conselho Municipal nos próximos tempos uma vez que, dia após dia, surgem novos casos de crianças órfãs, pessoas da terceira idade, viúvas e outras pessoas em situação de vulnerabilidade.De referir, no entanto, que o Conselho Municipal da cidade de Tete acaba de concluir o Plano Director de Estrutura da Cidade, um instrumento que cria as condições mínimas e básicas para o melhor ordenamento do solo urbano do município.O plano director, cuja elaboração contou com a parceria de algumas instituições e personalidades radicadas na cidade, indica a zona de Mpáduè para a expansão da urbe, onde já se encontram devidamente estabelecidas as regras de ocupação dos solos, assim como o tipo de infra-estruturas a erguer.O presidente do Conselho Municipal apontou ainda que estão em curso obras de utilidade pública como sanitários, melhoramentos nos principais mercados municipais, colocação de semáforos em diversos troços do centro da cidade para ajudar o trânsito de viaturas na urbe.
Em contra partida, alguns munícipes da cidade de Tete, contactados pelo “Notícias”, referiram alguns aspectos negativos que se notam na cidade como são os casos de ocupação desordenada de alguns espaços de solos, o que contrasta com a postura de uma cidade em crescimento.“A cidade apresenta-se minimamente limpa. Estamos preocupados com as ocupações de solos desordenadas, onde estão sendo erguidas infra-estruturas como edifícios comerciais e residenciais em locais impróprios” - desabafaram os nossos entrevistados.  Bernardo Carlos" FONTE JORNAL NOTICIAS.

Sem comentários:

Publicar um comentário