terça-feira, 27 de março de 2018

BEIRA SOFALA MOÇAMBIQUE PORTO DA BEIRA CRESCEU MAIS DE SEIS VEZES NOS ÚLTIMOS 17 ANOS

"Porto da Beira cresceu mais de seis vezes nos últimos 17 anos Beira (O Autarca) – O Porto da Beira, cuja gestão foi concessionada a Cornelder de Moçambique, SA, uma “joint venture” que envolve capitais mistos públicos e privados nacionais e holandeses, desde 1998, registou um crescimento extraordinário nos últimos 19 anos. Dados estastísticos que comparam os resultados dos últimos 17 anos revelam que os volumes manuseados nos terminais de carga geral e de contentores em 2017 são superiores a seis vezes mais em relação aos resultados alcançados no ano 2000. No ano passado, o Terminal de nal de Carvão que começou a operar no 2012, a cinco anos atrás, o nível de crescimento é mais de oito vezes superior de 2000 a 2017. Com efeito, incluindo o carvão, a carga geral manuseada no Porto da Beira em 2017 atingiu 5.226 milhões de toneladas contra 0.62 em 2000. O desempenho foi ainda superior nos anos 2015, 2014 e 2013 cuContentores do Porto da Beira manuseou 218.8 mil unidades contra 34.5 mil em 2000; enquanto Terminal de Carga Geral, sem incluir o Terminal de Carvão, manuseou 2.64 milhões de toneladas contra 0.62 em 2000. Entretanto, incluindo o Termijas quantidades manuseadas atingiram 7.664 milhões de toneladas, 6.974 milhões e 6.046 milhões respectivamente. Depois da grave recessão económica registada principalmente no ano 2016, que afectou sobremaneira o desenvolvimento do negócio em Moçambique e alguns países da região, tendo contribuído para a redução dos volumes manuseados no mesmo ano, o Porto da Beira voltou a registar crescimento em 2017 e augura melhores resultados no ano em curso de acordo com a interpretação dos cenários macro-económicos na região e dos dados estatísticos em nosso poder. A carga local, exportações e 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 volume 0.57 0.46 0.62 0.85 1.29 1.05 0.84 0.92 1.24 1.1 0.94 0.98 1.29 1.92 1.89 2.24 2.34 2.58 2.31 2.64 0 0.5 1 1.5 2 2.5 3 General Cargo Handled 2000-2017 (Excl. TCC8) 0 50 100 150 200 250 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 TEUS 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 VOLUMES 36 32.7 34.5 30 29.1 40.8 46.8 54.3 54.3 71.2 85.7 94.3 105.7 160.2 170.6 184.5 207.2 211 197.2 218.8 Containers Handled In Teus 2000 - 2017 importações nacionais, tem tendência a aumentar de ano para ano, chegando em algumas ocasiões a superar as exportações e importações do Zimbabwe, Malawi, Zâmbia, República Democrá- tica do Congo e do Botsuana, os restantes cinco países principais utilizadores do Corredor da Beira que tem o porto marítimo da Beira a sua principal base logística. Os insumos agrícolas, com destaque para adubo, a par da madeira, tabaco, açúcar, camarão e produtos minerais tais como o cromo constituem as principais mercadorias que passam pelo Porto da Beira.■ (C. Falume)"
FONTE: JORNAL O AUTARCA DE MOÇAMBIQUE. 

Sem comentários:

Publicar um comentário