terça-feira, 18 de abril de 2017

ANADARKO OFERECE EQUIPAMENTO BI BIOMÉTRICO A PALMA, CABO DELGADO, MOÇAMBIQUE


"Anadarko entrega equipamento de emissão de BI biométrico Pemba (O Autarca) – A Anadarko e seus parceiros, entregaram ao Governo Distrital de Palma, o equipamento informático e de escritório para actividades de emissão do registo de nascimento e Bilhete de Identidade biométrico. Este equipamento, é direcionado a Conservatória e a Repartição de Identificação Civil de Distrito de Palma. Esta iniciativa, faz parte das actividades de responsabilidade social da empresa, que visam fundamentalmente promover o bem-estar das comunidades, estimulando o acesso aos serviços essenciais como educação e saúde. De acordo com a Representante da Anadarko, Eva Pinto, este donativo foi efectuado na sequência do memorando de entendimento com o Governo de Moçambique assinado em novembro de 2016. “A Anadarko tem, na sua responsabilidade social três áreas de intervenção: Educação, Saúde e Meios de vida. Incorporada na área de educação e apoio a cidadania em Moçambique, a Empresa Anadarko prontificou-se a Promenor da cerimónia que marcou a entrega do equipamento pela Anadarko às autoridades no distrito de Palma, província de Cabo Delgado, norte de Moçambique trabalhar com o Governo numa parceria público-privada que incluía várias instituições para apoiar as comunidades de Palma. Esta intervenção tem a ver com o direito de cidadão de ter uma identificação, um registo de nascimento para beneficiar-se de todos os serviços sociais que o Governo pode oferecer (ao cidadão) tais como acesso a educação, acesso a saúde e acesso às actividades económicas que podem advir da presença da Anadarko neste distrito.” Refira-se que, através desse memorando, foi organizada uma campanha com a duração de quatro meses e que permitiu que cerca de 15.400 cidadãos tivessem acesso ao Bilhete de Identidade e ao registo de nascimento para 10.962 pessoas. Para o Director Provincial de Identificação Civil, Angélico André, a doação da Anadarko irá permitir a continuidade das actividades, fazendo com que mais pessoas fa- çam seus registos e consigam ter o Bilhete de Identidade. “Esta oferta vem impulsionar a actividade de identificação e registo civil. Todo o cidadão tem que ter uma identidade. Portanto com base neste donativo, nós vamos dar continuidade a actividade de registo e de atribuição de bilhete de identidade à população de Cabo Delgado, em particular do Distrito de Palma. Tendo em conta que, o trabalho que fizemos durante os quatro meses não abrangeu toda a população, conseguimos cobrir metade de popula- ção, mas ainda existe muita gente por ser identificada. Com este equipamento continuaremos a movimentar brigadas para lugares mais recônditos,” expli0- cou. Na altura da campanha, o Governo estimava que cerca de 60% dos cerca de 50 mil habitantes de Palma, não possuía Bilhete de Identidade. A justificação dada por muitos era a distância entre os postos administrativos e a sede do distrito, assim como as dificuldades financeiras. A falta de documento de identificação tinha impacto na saúde e educação da população local. Para a representante da Anadarko, esta entrega encerra a primeira fase de um processo, pois o relacionamento da empresa com o Governo de Palma e o país continua. (Redacção)"
FONTE: O AUTARCA, JORNAL DE MOÇAMBIQUE.

Sem comentários:

Publicar um comentário